Bloqueio do bolsa família atinge 100 mil pessoas e critério é revelado

O governo federal vai realizar um pente fino na lista de beneficiários do Bolsa Família. A ação tem o objetivo de eliminar fraudes e garantir o pagamento apenas às famílias que se enquadram nos critérios da iniciativa social. Com isso, é preciso estar atento às regras do programa. Veja.

Bloqueio do bolsa família atinge 100 mil pessoas e critério é revelado
Bloqueio do bolsa família atinge 100 mil pessoas e critério é revelado. Imagem: FDR

O bloqueio dentro do Bolsa Família já atingiu a marca de 100 mil CPFs (Cadastro de Pessoa Física) de beneficiários. A medida serve, também, como uma forma de alertar os inscritos no programa. O titular, representante de todo grupo, fica responsável por cumprir com todas as exigências do governo federal.

Saiba quais beneficiários serão afetados pelos cortes do Bolsa Família

  • De acordo com o governo, as informações presentes no CadÚnico serão cruzadas com os dados de outros órgãos federais;
  • Entre eles, a Receita Federal, que é responsável por fiscalizar as movimentações financeiras de todos os brasileiros;
  • Caso seja encontrada alguma irregularidade, como um ganho superior ao teto do programa, os beneficiários serão notificados;
  • Em alguns casos, a identificação da irregularidade poderá levar ao corte do Bolsa Família;
  • Para evitar a situação, é essencial que o responsável familiar mantenha os dados atualizados no CadÚnico;
  • Por meio do cadastro, o governo identifica e seleciona os benefícios aos quais as famílias têm direito;
  • O processo de atualização deve ser realizado periodicamente;
  • As famílias que não realizam o procedimento há muito tempo também poderão ter o benefício cortado;
  • A atualização deve ser feita em uma unidade do CRAS próxima a residência familiar;
  • No local, será preciso apresentar o documento de identificação com foto do responsável familiar e o CPF dos demais membros da família;
  • Em caso de atualização de alguma informação como endereço, por exemplo, também será exigido um documento que comprove a mudança.

Vittoria Fialho
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já esteve como repórter no Diario de Pernambuco e no Portal NE45 Minutos. Nos veículos, fez parte das editorias de redes sociais e esportes. Também acumula experiência na assessoria de imprensa do Clube Náutico Capibaribe. Suas redes sociais são: @vtfialho e [email protected].