Nova rodada do Bolsa Família se inicia com MUDANÇAS nas regras e valores

Em breve começa a nova rodada de pagamentos do Bolsa Família. A partir de 18 de janeiro os depósitos relativos a 2024 finalmente passam a ser pagos. Para quem vai receber o benefício no próximo ano, ou pelo menos quer sua vaga no programa, precisa estar atento as novas exigências.

Nova rodada do Bolsa Família se inicia com MUDANÇAS nas regras e valores
Nova rodada do Bolsa Família se inicia com MUDANÇAS nas regras e valores (Imagem: FDR)

O Bolsa Família encerrou o ano beneficiando 21 milhões de famílias em situação de pobreza. Para 2024 o governo federal deve selecionar novos contemplados, mas em contra partida vai manter o pente-fino que excluí da lista de beneficiados aqueles que estão com algum tipo de erro em seus cadastros. 

Regras para receber o Bolsa Família em 2024

O governo federal tem buscado ser mais criterioso na liberação do Bolsa Família, por isso em 2024 é importante estar atento as informações do seu cadastro. Qualquer tipo de divergência entre os critérios que dão acesso ao benefício, e os dados da família, pode haver bloqueio do pagamento. 

Para se manter no Bolsa, ou tentar uma nova vaga é necessário:

  • Estar inscrito no Cadastro Único com dados atualizados;
  • Ter renda familiar mensal de no máximo R$ 218 por pessoa da família;
  • Estar com o CPF em situação regular na Receita Federal.

Este último ponto foi recém anunciado pelo Ministério do Desenvolvimento Social, e quem não cumpri-lo terá o bloqueio do Bolsa Família a partir de janeiro. 

Valor de pagamento do Bolsa Família

O pagamento do Bolsa Família para 2024 não deve sofrer grandes alterações comparado a 2023. O valor mínimo foi mantido, assim como os benefícios complementares. Cerca de sete dias antes do início do calendário, no dia 18 de janeiro, já é possível consultar o valor exato que cairá na conta.

A consulta deve acontecer no aplicativo do programa. Os valores incluem:

  • Pagamento mínimo de R$ 600;
  • Benefício da Primeira Infância: R$ 150 para cada criança até 6 anos;
  • Benefício Variável Familiar: R$ 50 para jovens até 18 anos e gestantes;
  • Benefício Nutrizes: R$ 50 para bebês de até 6 meses.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]