BPC já tem seus primeiros pagamentos confirmados em 2024 com um novo valor

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vai seguir com pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC) em 2024. O repasse é voltado aos idosos e pessoas com deficiência. Com valor corresponde a um salário mínimo, a quantia deve passar por mudanças. Confira.

BPC já tem seus primeiros pagamentos confirmados em 2024 com um novo valor
BPC já tem seus primeiros pagamentos confirmados em 2024 com um novo valor. Imagem: FDR

Atualmente mais de 4,7 milhões de pessoas recebem o Benefício de Prestação Continuada, incluindo idosos e pessoas com deficiência. Para o próximo ano, o INSS deve seguir com o pagamento e aumentar o número de beneficiários do BPC 2024.

O Benefício de Prestação Continuada ajuda a pessoa idosa de baixa renda através do valor de um salário-mínimo mensal. Para recebê-lo é necessário comprovar que não possui condições de prover o próprio sustento, nem o ter provido pela família.

Calendário BPC 2024

  • O calendário de 2024 conta ainda com as datas de pagamento de dezembro de 2023
  • Isso acontece porque os depósitos serão feitos entre 21 de dezembro e 8 de janeiro para quem recebe até 1 salário-mínimo.
  • E entre 2 e 8 de janeiro para quem acima do mínimo.
  • O primeiro depósito de 2024 serão pagos entre 25 de janeiro a 7 de fevereiro.
  • Segundo as informações do próprio INSS, 168.062 pessoas recebem até um salário mínimo.
  • Enquanto outras 868.803 têm benefícios acima do piso nacional.
  • Lembrando que os aposentados e pensionistas do INSS recebem o 13º, mas, a data de depósito do próximo ano ainda deve ser informada
  • Em 2023, o INSS fez a antecipação do décimo, com isso os pagamentos foram feitos entre maio e junho desse ano.

Como consultar os benefícios do INSS

  • Acesse o site Meu INSS;
  • Faça o login com sua conta gov.br;
  • Clique em “Extrato de Pagamento”;
  • Pronto, você terá acesso às informações.
  • A consulta também pode ser feita pelo aplicativo do INSS ou ainda através da Central 135; nesse caso o beneficiário deve informar o número do CPF e confirmar algumas informações cadastrais, de forma a evitar fraudes.

Vittoria Fialho
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já esteve como repórter no Diario de Pernambuco e no Portal NE45 Minutos. Nos veículos, fez parte das editorias de redes sociais e esportes. Também acumula experiência na assessoria de imprensa do Clube Náutico Capibaribe. Suas redes sociais são: @vtfialho e [email protected].