Combustíveis terão disparo no aumento do preço em 2024; confira a estimativa

A chegada de um novo ano representa um momento da aumento dos gastos para grande parte dos brasileiros. Além do pagamento de impostos, os cidadãos poderão ter que arcar com um aumento dos combustíveis no próximo ano. Confira a estimativa de reajuste para 2024.

Combustíveis terão disparo no aumento do preço em 2024; confira a estimativa
Combustíveis terão disparo no aumento do preço em 2024; confira a estimativa. (Imagem: FDR)

O principal reajuste deverá ser praticado durante o mês de fevereiro de 2024. Na data, um aumento na cobrança do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) entrará em vigor.

Como o tributo é cobrado sobre a gasolina, diesel e etanol, a estimativa é que os combustíveis tenham seu valor reajustado pela Petrobras. Com o aumento no preço de distribuição, a alta deverá ser repassada para o bolso dos consumidores.

Entenda as possíveis mudanças no preço dos combustíveis:

  • No último ano, o valor foi fixado para frear a sequência de reajustes;
  • Dessa forma, desde junho, a cobrança pelo litro de gasolina é de R$ 1,22;
  • No entanto, a previsão é de que um aumento de R$ 0,15 passe a ser cobrado no litro da gasolina e do etanol;
  • Já com relação ao diesel, o aumento deverá ser de R$ 0,16;
  • O aumento deverá entrar em vigor em todo o país;
  • A medida tem o objetivo de igualar a cobrança dos impostos nos estados;
  • Essa cobrança será realizada com relação ao preço de repasse para as distribuidoras;
  • Por isso, ainda não é possível fixar de quanto será o reajuste para os consumidores;
  • Esse aumento é definido pelas empresas e deverá variar de acordo com o posto de combustível;
  • Para quem utiliza o diesel, o aumento deverá ser maior;
  • Isso porque o litro de combustível também deverá ser impactado por outros aumentos de impostos;
  • Entre eles, a cobrança do PIS e Cofins;
  • Para esse combustível, o primeiro aumento acontecerá ainda no dia 1º de janeiro de 2024;
  • A expectativa é que esse reajuste seja de R$ 0,33 por litro.

Veja outras informações sobre como aumentar o faturamento dirigindo neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.