Aposentadoria do INSS 2024: nova lei modifica idade mínima; entenda o que muda

A aposentadoria do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vai passar por mudanças para 2024. Entre outras coisas, a entidade promoveu alterações em relação à idade mínima. Para homens e mulheres, novas obrigações foram implementadas. Veja o que muda.

Aposentadoria do INSS 2024: nova lei modifica idade mínima; entenda o que muda
Aposentadoria do INSS 2024: nova lei modifica idade mínima; entenda o que muda. Imagem: FDR

Desde então, as regras para obter a aposentadoria pelo INSS vem sendo modificadas. Para reduzir o impacto na vida dos trabalhadores, as mudanças estão sendo realizadas de forma gradual.

Dessa forma, a cada ano, a regra é modificada até atingir sua versão final. A previsão do INSS é de que isso aconteça apenas em 2033. Até lá, os trabalhadores deverão enfrentar alterações.

Saiba o que muda para a aposentadoria do INSS em 2024

  • Regra de transição prevê aumento da idade mínima para aposentadoria;
  • Mudança afetará tanto homens quanto mulheres;
  • Para eles, a idade mínima passará a ser de 65 anos;
  • Enquanto para elas, exigência será de 62 anos de idade;
  • Além disso, o tempo mínimo de contribuição também será modificado;
  • Para homens, será preciso comprovar que contribuiu com a previdência por, no mínimo, 35 anos;
  • Enquanto para as mulheres a exigência passará a ser de 30 anos;
  • As regras são válidas para os trabalhadores que começaram a trabalhar depois de 2019, ano em que a reforma foi aprovada;
  • Para os que já contribuíam com o INSS, o cálculo é realizado por pontos;
  • O direito a aposentadoria é obtido quando a soma atinge 101 pontos no caso dos homens;
  • Já para as mulheres, a exigência é de 91 pontos;
  • Os pontos são obtidos por meio da soma das idades e do tempo de contribuição;
  • Por exemplo, para se aposentar em 2024, uma mulher precisará ter 61 anos de idade mais 30 anos de contribuição;
  • Mesmo formato de cálculo deve ser realizado pelos homens.

Vittoria Fialho
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já esteve como repórter no Diario de Pernambuco e no Portal NE45 Minutos. Nos veículos, fez parte das editorias de redes sociais e esportes. Também acumula experiência na assessoria de imprensa do Clube Náutico Capibaribe. Suas redes sociais são: @vtfialho e [email protected].