Mega da Virada 2023: bolões aumentam chance de ganhar; veja passo a passo

Acumulando o maior prêmio da história, a Mega da Virada 2023 se tornou um desejo entre milhares de cidadãos brasileiros. Uma das alternativas para aumentar as chances de ganhar a premiação, é participar de bolões. Veja passo a passo.

Mega da Virada 2023: bolões aumentam chance de ganhar; veja passo a passo
Mega da Virada 2023: bolões aumentam chance de ganhar; veja passo a passo. (Imagem: FDR)

Atualmente, o prêmio da Mega da Virada está estimado em cerca de R$ 570 milhões. No entanto, esse valor poderá aumentar até a data da premiação. Isso porque, na medida que novas apostas são realizadas, o valor tende a subir.

Veja as principais informações sobre a Mega da Virada 2023:

  • O sorteio será realizado no dia 31 de dezembro, às 20h (horário de Brasília);
  • Além de contar com transmissão pela TV aberta, o sorteio também será transmitido ao vivo por meio do canal do YouTube da Caixa, que está disponível neste link;
  • Para participar é preciso realizar uma aposta até às 19h do dia 31 de dezembro;
  • O valor da aposta mínima, que dá direito a marcação de 6 dezenas, é R$ 5;
  • No entanto, o jogador tem a opção de marcar mais dezenas;
  • Porém, ao realizar a marcação, o valor da aposta também é aumentado;
  • Para dividir esses custos, ele poderá participar de um bolão;
  • O modelo de aposta reúne diversos participantes que dividem o pagamento – e o possível prêmio – entre si;
  • Caso deseje organizar o bolão, o cidadão deverá reunir os apostadores e recolher os números;
  • Em seguida, ao efetivar a aposta numa casa lotérica, ele deverá informar ao atendente que a aposta é fruto de um bolão;
  • Nos locais também é possível aderir a bolões que já foram criados;
  • Para tal, o cidadão deverá informar do desejo para os atendentes da casa lotérica;
  • Em seguida, ele será informado das opções disponíveis e do custo de cada uma.

Confira outras informações sobre como apostar na Mega da Virada 2023 neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.