Celular Seguro: bloqueio em caso de roubo pode ser feito a partir de HOJE (20); entenda como funciona

Anunciado nesta semana pelo Governo Federal, o programa Celular Seguro foi disponibilizado nesta quarta-feira (20) para os cidadãos de todo o Brasil. Por meio dele, será possível realizar o bloqueio de celulares roubados em até 10 minutos. Confira outros detalhes sobre a nova medida de segurança.

Celular Seguro: bloqueio em caso de roubo pode ser feito a partir de HOJE (20); entenda como funciona
Celular Seguro: bloqueio em caso de roubo pode ser feito a partir de HOJE (20); entenda como funciona. (Imagem: FDR)

A ferramenta foi projetada para garantir que os aparelhos roubados não possam ser acessados pelos criminosos. A medida tem o objetivo principal de proteger os dados pessoais e as informações bancárias dos cidadãos que sofrerem com roubos e furtos.

Entenda como funciona o programa Celular Seguro:

  • A plataforma contará com um tipo de botão de segurança, que deverá ser acionado em caso de roubo ou furto;
  • Para tal, será necessário que o cidadão cadastre o aparelho em um site ou aplicativo que serão lançados em breve pelo Governo Federal;
  • O login será efetuado por meio do cadastro Gov.BR;
  • Ao entrar na plataforma, o cidadão deverá informar o código IMEI, que é único para cada celular;
  • Para garantir o acesso rápido ao sistema de bloqueio, ele também poderá cadastrar uma pessoa de confiança que será autorizada a realizar o acionamento do botão de segurança;
  • Após ser acionado, o dispositivo de proteção garante que o aparelho celular seja bloqueado em até 10 minutos;
  • Dessa forma, os bandidos ficarão impedidos de realizar compras, transferências ou outras atividades com o celular roubado;
  • Além disso, a plataforma também possibilitará o bloqueio da linha a partir do próximo ano;
  • Assim, o acesso as ligações ou SMS também será inviabilizado;
  • O Governo Federal também estuda uma colaboração com as principais redes sociais;
  • Assim, o acesso ao celular roubado ou furtado será bloqueado completamente, impedindo seu uso.

Confira mais informações sobre como se prevenir de golpes virtuais neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.