ALERTA! Novo golpe usa nome da Anatel e faz brasileiros caírem em cilada

Recebeu uma ligação da Anatel para mudar de operadora de telefonia? Não aceite, é o novo golpe que usa o nome da empresa. Criminosos estão roubando clientes das operadoras através dessas ligações. Entenda melhor a situação.

ALERTA! Novo golpe usa nome da Anatel e faz brasileiros caírem em cilada
ALERTA! Novo golpe usa nome da Anatel e faz brasileiros caírem em cilada (Imagem: FDR)

A Anatel identificou que os criminosos estão usando o nome da empresa para aplicar um novo golpe. Após relato de um usuário a empresa veio a público com o comunicado sobre a situação.

Novo golpe usa a Anatel

  • Jeferson Menezes utilizou sua conta na rede social X para fazer um relato do que passou.
  • Segundo ele, após enfrentar problemas com sua internet da Oi, entrou em contato com a operadora para solucioná-lo, o que acabou não acontecendo.
  • Após isso começou a receber ligações da empresa para “verificação” da melhora do sinal.
  • E depois, ligações supostamente da Anatel aconselhando que ele trocasse de operadora para a Claro.
  • Ele suspeita que existem funcionários da Oi e da Claro envolvidos no esquema, seriam eles os responsáveis pela instabilidade na internet que o levou à ligação.
  • Nesse suposto modelo os criminosos têm livre acesso aos dados dos clientes e podem aplicar o golpe mais facilmente.
  • Vale lembrar que a Oi foi vendida e isso tem sido usado pelos criminosos para aplicar golpes.

Anatel não liga solicitando troca de operadoras

  • A empresa informou que não realiza ligações para solicitar a troca de operadoras.
  • A empresa orienta os brasileiros a acessarem sua página contra fraudes e golpes.
  • Além disso, também é importante observar qual o número que está te ligando. Principalmente se a empresa não utiliza o prefixo 0303, que identifica as empresas que fazem ofertas de telemarketing.
  • Ainda em dúvida? Entre em contato com a Anatel por algum dos seus canais de comunicação: o app Anatel Consumidor, o site oficialou pelo telefone 1331.

 

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.