Bolsa família vai diminuir o valor em 2024? Entenda a regra de proteção

Relançado neste ano, o programa Bolsa Família atende milhões de famílias brasileiras que vivem em situação de vulnerabilidade social ou econômica. Para tal, um pagamento mínimo de R$ 600 é realizado mensalmente. Saiba se esse valore poderá diminuir em 2024.

Bolsa família vai diminuir o valor em 2024? Entenda a regra de proteção
Bolsa família vai diminuir o valor em 2024? Entenda a regra de proteção. (Imagem: FDR)

Para o próximo ano, o Governo Federal não anunciou reajustes nos valores do Bolsa Família. Ou seja, o valor mínimo de pagamento será mantido. No entanto, em alguns casos, o dinheiro pode ser cortado pela metade. 

Entenda como funciona a regra de proteção do Bolsa Família:

  • O corte acontece quando o núcleo familiar atendido pelo programa consegue alcançar um aumento na renda mensal;
  • Atualmente, o teto de renda para garantir a inclusão no programa é de R$ 218 por pessoa;
  • Porém, caso já esteja inscrita e ultrapasse esse limite, a família não é excluída automaticamente;
  • Nesses casos, a regra de proteção garante que o benefício continue sendo pago;
  • No entanto, o valor que é depositado na conta da poupança social do Caixa Tem é cortado pela metade;
  • Ou seja, o pagamento mínimo passa a ser de R$ 300;
  • Esse depósito continua sendo realizado por até dois anos;
  • Dessa forma, a família atendida tem um prazo prolongado para realizar a transição na renda familiar;
  • A medida tem o objetivo principal de garantir que a maior parte dos recursos sejam destinados para as famílias que mais precisam;
  • O dinheiro realocado pode ser utilizado, inclusive, para o pagamento de benefícios extras para as que possuem uma menor renda;
  • Atualmente, quatro benefícios adicionais são administrados pelo Governo Federal;
  • Por meio deles, as famílias que se encaixam nos critérios sociais tem a renda complementada com valores que vão além do pagamento principal do programa.

Veja mais detalhes sobre o pagamento do Bolsa Família em 2024 neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.