Empréstimos pelo Caixa Tem: listamos as oportunidades disponíveis neste fim de ano

Pontos-chave
  • MEIs podem solicitar empréstimo pelo Caixa Tem de até R$ 3 mil;
  • O microcrédito da Caixa pode ser obtido por cidadãos inadimplentes, pessoas físicas e jurídicas;
  • Na contratação da linha de crédito no Caixa Tem, o cliente deve assinar uma declaração de que o dinheiro será usado exclusivamente no negócio.

Atualmente, o Caixa Tem oferece algumas modalidades de empréstimos. As linhas de crédito são direcionadas, principalmente, para pessoas físicas e jurídicas. Ambos os grupos têm a possibilidade de solicitar valores de até R$ 3 mil

Empréstimos pelo Caixa Tem: listamos as oportunidades disponíveis neste fim de ano
Empréstimos pelo Caixa Tem: listamos as oportunidades disponíveis neste fim de ano. (Imagem: FDR)

Esta é a oportunidade perfeita para quem deseja empreender através do Programa de Simplificação de Microcrédito Digital para Empreendedores (SIM Digital). Através desta modalidade os Microempreendedores Individuais (MEI) podem solicitar empréstimo pelo Caixa Tem de até R$ 3 mil

O melhor de tudo é que todo o processo é totalmente digital, logo, o cidadão tem a oportunidade de adquirir o dinheiro sem sair de casa. Para isso,  o Governo Federal recorre à verba do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) que já soma mais de R$ 3 bilhões

Quem quiser solicitar o empréstimo pelo Caixa Tem precisa saber que a modalidade tem foco em dois públicos-alvo, o primeiro são pessoas físicas que desejam empreender e o segundo são os MEIs

Regras do empréstimo pelo Caixa Tem

Conforme mencionado, o microcrédito da Caixa para cidadãos inadimplentes pode ser adquirido por pessoas físicas e jurídicas, incluindo MEI. Se tratando de empreendedores é preciso que a atividade exercida tenha uma receita bruta anual de, no máximo, R$  360 mil. 

É importante explicar que, para o Governo Federal, as pessoas físicas são consideradas empreendedores individuais. A quantia obtida pelo empréstimo deve ser, necessariamente, usada de alguma forma no negócio do cidadão, seja para elevar o capital de giro, comprar insumos ou investir em equipamentos e utensílios favoráveis ao fomento da produção. 

De acordo com a Caixa, durante a contratação da linha de crédito no Caixa Tem, o cliente deve assinar uma declaração de que o dinheiro será usado exclusivamente no negócio. Para isso, será preciso responder um quiz interativo a respeito da educação financeira e uso consciente do crédito. 

Veja a seguir as condições do empréstimo para cada perfil contemplado:

Pessoa física

  • Limite de crédito: R$ 1 mil;
  • Prazo de pagamento: 24 meses;
  • Juros: a partir de 1,95% ao mês = 26,08% ao ano.

MEI

  • Limite de crédito: R$ 3 mil;
  • Prazo de pagamento: 24 meses;
  • Juros: a partir de 1,99% ao mês = 26,68% ao ano.

Como solicitar o empréstimo pelo Caixa Tem?

A particularidade da nova linha de crédito especial é que a solicitação deve ser feita diretamente pelo aplicativo Caixa Tem. Basta selecionar a opção “Crédito Caixa Tem” após atualizar o aplicativo pela loja digital do sistema correspondente ao seu aparelho, seja Android ou iOS. 

Feito o pedido, a equipe da instituição financeira tem o prazo de 10 dias para analisar a solicitação. Para auxiliar neste processo, o requerente pode informar qual será a finalidade de uso da nova linha de crédito especial obtida pelo Caixa Tem.

Se desejar, ainda é possível simular quais seriam as condições do empréstimo para ter em mente o futuro valor a ser restituído em banco parceladamente. 

Caso a linha de crédito especial seja aprovada, o valor requisitado será automaticamente depositado na conta digital do Caixa Tem, embora todos os bancos estejam aptos a realizar este tipo de operação. 

Quais outros benefícios podem ser acessados pelo Caixa Tem?

Após recente atualização da plataforma, o cliente do Caixa Tem pode acessar as seguintes ferramentas e serviços:

  1. Atualização de cadastro; 
  2. Seguro Apoio Família;
  3. Informe de Rendimentos;
  4. Negociação de dívidas;
  5. Caixa Para Elas;
  6. Empréstimo;
  7. Cartão de crédito;
  8. Serviços Rapidex;
  9. Bolsa Família;
  10. Depósitos;
  11. Cartão de débito virtual;
  12. Transferências;
  13. Pix;
  14. Meu NIS;
  15. Extrato;
  16. Dicas financeiras;
  17. Consulta de comprovantes;
  18. Recarga de telefone;
  19. Pagar na lotérica;
  20. Pagar na maquininha;
  21. Pagamento de contas;
  22. Seguro-desemprego;
  23. Abono salarial;
  24. Habitação Caixa;
  25. Open Finance;
  26. Saque sem cartão. 

Caixa Tem ganha nova versão

A nova versão do Caixa Tem (1.78), está disponível para celulares Android e iOS. Para checar a disponibilidade da atualização, basta o usuário acessar a loja de aplicativos do seu celular. 

Destacando que, a atualização não é obrigatória e versões anteriores do aplicativo — a menor versão funcional é a 1.75continuarão funcionando normalmente e com acesso a todos os serviços.

Apesar das vantagens e benefícios, eventualmente, o usuário pode enfrentar alguns problemas. No geral, o FDR mostrará a seguir, detalhes para solucionar os principais impasses. Confira!

Solucionando problemas no Caixa Tem

Atualização do Caixa Tem

  1. Procure pelo app na sua área de trabalho e clique sobre o mesmo para iniciá-lo. Em seguida, clique no botão “Entrar no Caixa Tem”, digite o seu CPF e depois a sua senha;
  2. Após efetuar o login, você verá uma série de comandos na sua página inicial, como PIX e Cartões. Procure por “Atualize seu cadastro” e clique sobre esta opção. Depois, selecione os botões laranjas na parte inferior de cada bloco de texto e prossiga ao selecionar o botão “Entendi, vamos começar”;
  3. Digite o CEP da sua casa no local indicado e selecione o botão de lupa para carregar as informações. Em seguida, revise o endereço que irá aparecer, a fim de confirmar se os dados estão corretos; então, insira o número de sua casa. Depois, será necessário informar se você nasceu no Brasil e seu estado civil. Então, um texto vai aparecer, solicitando as suas informações de patrimônio; para continuar, selecione “Vamos lá”;
  4. Comunique a fonte de sua renda, o valor mensal, há quanto tempo você tem essa renda e o seu nível de escolaridade;
  5. Defina a sua profissão, destaque se tem algum patrimônio, informe o valor aproximado do seu patrimônio e confirme todas as suas informações;
  6. Envie as fotos do seu documento de identidade e uma selfie segurando este mesmo documento.

Caso o aplicativo demonstre algum erro durante o processo de atualização de cadastro e a tela fique completamente branca e congelada, é necessário fechar o app e começar de novo. Se o problema persistir, vá até a loja de aplicativos do seu celular e atualize o Caixa Tem.

Desbloqueio do aplicativo

Em determinados casos a Caixa Econômica pode bloquear uma conta do Caixa Tem como uma forma de medida de segurança, especialmente para evitar fraudes quando há suspeita. Mas não é preciso se preocupar, pois entre 24h e 48h o problema pode ser resolvido seguindo estes passos:

  1. Baixe o aplicativo Caixa Tem (Android ou iOS)
  2. Acesse sua conta com seu CPF e senha
  3. Na tela inicial, encontre a opção “Liberar Acesso”. Possivelmente será a primeira a aparecer na lista.
  4. Você entrará em um chat com respostas automáticas
  5. Siga as orientações. Você vai enviar seus documentos pessoais para desbloquear o Caixa Tem.

Também existe a possibilidade de desbloquear o Caixa Tem pelo atendimento presencial na agência bancária, é só:

  1. Acessa o site Encontre a Caixa;
  2. No campo “Tipo de atendimento”, selecione “Agências”;
  3. Em “UF”, selecione o Estado que você mora;
  4. Marcar a cidade no campo seguinte;
  5. Clique em “Buscar” para encontrar a agência Caixa mais próxima.

Recuperação de senha

O acesso ao aplicativo Caixa Tem é feito com o CPF e uma senha numérica de seis dígitos. Em caso de perda da senha, é possível iniciar um processo para recuperação e criação de uma nova. Veja o passo a passo:

  1. Ao acessar o app do Caixa Tem (Android | iOS), clique em “Recuperar Senha”;
  2. Insira o CPF no campo indicado, marque a opção “Não sou um robô” e clique em “Continuar”;
  3. As instruções para a recuperação da senha serão enviadas para o endereço de e-mail cadastrado;
  4. Acesse o seu e-mail cadastrado, e clique em “Link para redefinir credenciais”;
  5. Siga as instruções solicitadas e crie uma nova senha. Ela deve ser numérica, com ao menos seis dígitos, e não pode ser igual ao CPF, possuir repetições ou ser a sua data de nascimento;
  6. Clique em “Continuar” para validar o processo e faça o login na plataforma com a nova senha.

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.