Bolsa família tem novo valor divulgado para 2024? Saiba o que vai mudar no programa

Aguardado por milhões de beneficiários, um possível reajuste do Bolsa Família está em debate para 2024. No entanto, até agora, o aumento no valor do benefício pago pelo Governo Federal ainda não foi confirmado.

Bolsa família tem novo valor divulgado para 2024? Saiba o que vai mudar no programa
Bolsa família tem novo valor divulgado para 2024? Saiba o que vai mudar no programa. (Imagem: FDR)

Para aumentar o valor pago para as famílias, é preciso primeiro que o Governo Federal inclua o possível reajuste no orçamento anual. A medida é necessária porque os recursos utilizados para o pagamento saem dos cofres públicos. Como a inclusão ainda não foi efetuada, não há previsão de aumento.

Veja o que se sabe até agora sobre o pagamento do Bolsa Família em 2024:

  • Valor mínimo de pagamento deverá ser mantido em R$ 600 no próximo ano;
  • No entanto, o benefício pode ser turbinado por meio de liberações extras que são realizadas pelo Governo Federal;
  • Para tal, é preciso que o responsável familiar realize a atualização periódica dos dados do CadÚnico;
  • O procedimento pode ser feito em uma unidade do CRAS mais próxima da residência das famílias;
  • Atualização deve ser feita sempre que algum dos dados necessários para o cadastro for atualizado;
  • Inclusão das informações é necessária porque o cadastro é utilizado como base para seleção de beneficiários dos programas extras;
  • Entre os pagamentos que são feitos, cinco se destacam. São eles:
  • Benefício Variável Familiar Nutriz: Aumenta em R$ 50 o pagamento por cada membro da família com até seis meses de idade;
  • Benefício de Renda de Cidadania: Paga um adicional de R$ 142 por pessoa da família;
  • Benefício Complementar: Garante que o valor mínimo do Bolsa Família seja de R$ 600;
  • Vale-gás: Paga o valor médio de um botijão de gás de 13 kgs. Cálculo de quanto será liberado é realizado a cada dois meses;
  • Em dezembro, o pagamento será de R$ 110.

Veja outras informações sobre o programa de transferência de renda neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.