Abono salarial tem prazo de saque chegando ao fim; saiba como garantir até R$ 1.320

O abono salarial do PIS/PASEP atende a trabalhadores formais brasileiros espalhados por todo o país. É através do repasse que até um salário mínimo é destinado ao grupo. Por isso, vale destacar a importância de estar atento aos prazos. Veja datas e como garantir os valores.

Abono salarial tem prazo de saque chegando ao fim; saiba como garantir até R$ 1.320
Abono salarial tem prazo de saque chegando ao fim; saiba como garantir até R$ 1.320. Imagem: FDR

O pagamento acontece uma vez ao ano, contemplando aproximadamente 25 milhões de pessoas. Funciona como um 14º salário, um valor extra para beneficiar quem tem baixos salários.

Neste ano, o abono liberado é referente ao ano base de 2021. Dessa forma, tem direito ao pagamento os trabalhadores que exerceram alguma atividade durante o período. Os recursos já foram disponibilizados pelo governo federal e devem ser sacados pelos trabalhadores até o dia 28 de dezembro.

Saiba os critérios para receber o pagamento do PIS/Pasep

  • O abono salarial pode ser sacado por trabalhadores que estão inscritos no programa PIS/PASEP pelo prazo mínimo de cinco anos;
  • A inscrição é realizada automaticamente quando o trabalhador tem a carteira de trabalho assinada formalmente pela primeira vez;
  • Para receber o pagamento, é preciso ter trabalhado por, no mínimo, 30 dias durante 2021;
  • O abono só é pago para trabalhadores que possuem média salarial de, no máximo, dois salários mínimos;
  • Outro critério que deve ser obedecido é a inserção das informações na Relação Anual de Informações Sociais (Rais);
  • Esse procedimento é de responsabilidade do empregador;
  • Caso atenda todos os critérios, o trabalhador deverá buscar a instituição responsável pela liberação de recursos;
  • Para servidores públicos, o pagamento é efetuado pelo Banco do Brasil;
  • Enquanto para trabalhadores da iniciativa privada, a responsabilidade do pagamento é da Caixa Econômica Federal;
  • O pedido de retirada deve ser efetuado diretamente com a instituição financeira;
  • Ao buscar a agência bancária, o trabalhador deverá apresentar os seguintes documentos para efetuar a retirada: RG, CPF, carteira de trabalho e número do PIS/PASEP;
  • Após essa etapa, o trabalhador poderá ter acesso ao pagamento do abono salarial.

Vittoria Fialho
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já esteve como repórter no Diario de Pernambuco e no Portal NE45 Minutos. Nos veículos, fez parte das editorias de redes sociais e esportes. Também acumula experiência na assessoria de imprensa do Clube Náutico Capibaribe. Suas redes sociais são: @vtfialho e [email protected].