Desenrola Brasil atinge marca inédita com MIILHARES de brasileiros contemplados

O Desenrola Brasil segue ajudando milhares de brasileiros quando o assunto é renegociar dívidas. Em novo balanço divulgado na última terça-feira, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, apontou que 2,2 milhões de pessoas negociaram na plataforma, que oferece descontos em uma série de débitos. Veja como ter acesso às vantagens.

Desenrola Brasil atinge marca inédita com MIILHARES de brasileiros contemplados
Desenrola Brasil atinge marca inédita com MIILHARES de brasileiros contemplados. Imagem: FDR

O Desenrola Brasil começou em julho deste ano. Na primeira etapa, o grupo priorizou a retirada da negativação dos brasileiros nos órgãos de proteção ao crédito. A condição valia para aqueles que tivessem dívidas somadas em até R$ 100.

Apenas nessa ação, mais de 6 milhões pessoas conseguiram “limpar nome”, e voltar a ter crédito. O impacto do novo programa foi imediato, além de contar com grande adesão dos brasileiros.

A segunda etapa, que também teve início em julho, deu início às negociações de dívidas para aqueles que tinham débitos pendentes de qualquer valor. No entanto, a ação era exclusiva em bancos. O público alvo foi consumidores com renda de até R$ 20 mil.

Depois, em outubro de 2023, deu-se início a terceira fase do Desenrola Brasil. Nela foram atendidos os inadimplentes com renda familiar de no máximo dois salários mínimos, ou que estão no Cadastro Único. Para essas pessoas que são consideradas de baixa renda as condições de pagamento são especiais.

Quem pode negociar dívidas pelo Desenrola Brasil?

Os acordos firmados pelo Desenrola Brasil dão ao consumidor inadimplente a chance de conseguir pagar menos por uma dívida que se prolonga por anos. Na última segunda, começou a valer a chance de pagamento dos débitos que estão até R$ 20 mil com parcelamento. Veja:

Faixa 1

  • Quem tem renda de até dois salários mínimos por mês; ou
    está inscrito no Cadastro Único;
  • Tem dívidas de até R$ 5 mil somadas entre 2019 até dezembro de 2022.

Faixa 2

  • Quem tem renda de até R$ 20 mil por mês;
  • Possui dívidas bancárias de qualquer valor somadas entre 2019 até dezembro de 2022.

Vittoria Fialho
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já esteve como repórter no Diario de Pernambuco e no Portal NE45 Minutos. Nos veículos, fez parte das editorias de redes sociais e esportes. Também acumula experiência na assessoria de imprensa do Clube Náutico Capibaribe. Suas redes sociais são: @vtfialho e [email protected].