13º do Bolsa Família será pago em 2023? Veja o que diz o governo

Aguardado por milhões de beneficiários de todo o país, o 13º do Bolsa Família não será pago em 2023. Neste ano, o Governo Federal reteve o pagamento do abono natalino das famílias atendidas pelo programa social de transferência de renda.

13º do Bolsa Família será pago em 2023? Veja o que diz o governo
13º do Bolsa Família será pago em 2023? Veja o que diz o governo. (Imagem: FDR)

O ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias, explicou a motivação para a suspensão do abono natalino. Segundo ele, os pagamentos realizados pelo programa são um benefício social. Dessa forma, não representam pagamentos trabalhistas que tem como obrigação a liberação do 13º.

Estados realizam pagamento do 13º do Bolsa Família

No entanto, nos estados da Paraíba e de Pernambuco, o 13º do Bolsa Família será pago. Nesses locais, a liberação dos recursos acontece por meio de iniciativas do governo estadual. Assim, apenas os moradores dos estados e que cumprem os requisitos serão beneficiados.

Para os demais cidadãos atendidos pelo programa, não haverá liberação do abono natalino. No entanto, um pagamento extra deverá ajudar a complementar a renda do final do ano.

Em dezembro, o Governo Federal retoma a liberação dos recursos do Vale Gás. A iniciativa disponibiliza, de forma bimestral, o valor médio de um botijão de gás de 13 kgs. No último pagamento, os recursos extras foram de R$ 106.

Para dezembro, o Governo Federal ainda não divulgou quanto será pago. Porém, a expectativa é que a média de valor se mantenha na casa dos R$ 100. Além do Vale Gás, outros benefícios extras também serão liberados em dezembro. São eles:

  • Benefício Variável Familiar Nutriz: Aumenta em R$ 50 o pagamento por cada membro da família com até sete meses de idade;
  • Benefício de Renda de Cidadania: Paga um adicional de R$ 142 por pessoa da família;
  • Benefício Complementar: Garante que o valor mínimo do Bolsa Família seja de R$ 600;
  • Benefício Primeira Infância: Adiciona R$ 150 por criança de até sete anos que faça parte da família.

Saiba mais informações sobre o programa de transferência de renda neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.