IPVA 2024: saiba onde consultar o valor do imposto para cada estado nacional

Pontos-chave
  • IPVA 2024 é pago no começo do próximo ano
  • Impsoto é cobrado sobre veículos
  • Isenção é concedida conforme as regras de cada estado

O pagamento do IPVA 2024 será feito no começo do próximo ano, mas, a consulta já pode ser feita em diversos estados. Valor é cobrado sobre automóveis e a alíquota varia de acordo com o estado. Entenda melhor!

IPVA 2024: saiba onde consultar o valor do imposto para cada estado nacional
IPVA 2024: saiba onde consultar o valor do imposto para cada estado nacional (Imagem: Montagem/FDR)

Brasileiros já se programam para o pagamento do IPVA 2024, que acontece no começo do próximo ano. Em alguns estados é possível ter descontos, parcelar e até fazer o pagamento via PIX.

Acre

  • É cobrada alíquota de 1% a 2%;
  • Isenção para motos de até 170 cilindradas
  • A consulta pode ser feita pelo site do Detran-AC

Alagoas

  • A alíquota no estado varia de 1% a 3,25%;
  • No estado a isenção é concedida aos táxis, veículos de pessoas com deficiências ou necessidades especiais, mototáxis, transporte complementar e de entidades
  • A consulta e emissão do boleto de pagamento pode ser feita pelo site Detran-AL

Amapá

  • No estado a alíquota é de 0,5% a 1,5%
  • A isenção é concedida aos taxistas, mototaxistas e pessoas com deficiência
  • A consulta pode ser feita pelo site do Detran-AP

Amazonas

  • Nesse ano a alíquota no estado teve um aumento de 0,5% em relação ao ano anterior;
  • Com isso, ela ficou entre 0,7% e 3,5%
  • A isenção no estado é concedida às pessoas com deficiência (física, visual, mental ou intelectual)
  • A consulta pode ser feita pelo site Sefaz-AM

Bahia

  • É cobrada alíquota de 1% a  3%;
  • Na Bahia a isenção é concedida à pessoa com deficiência física e aos taxistas;

Ceará

  • No estado a alíquota varia de 1% a 3,5%;
  • A isenção é concedida às PCD, táxi, proprietários de máquinas agrícolas, ônibus e veículos com mais de 15 anos de fabricação;
  • Para conferir a tabela, acesse o site da Secretaria da Fazenda do Ceará.

Espírito Santo

Goiás

  • Alíquota de 1,25% a 3,75%;
  • A isenção é aplicada às pessoas com deficiência, veículos usados para o transporte escolar, e alguns outros casos
  • Os valores podem ser consultados no site da Secretaria de Economia do Estado de Goiás..
IPVA 2024: saiba onde consultar o valor do imposto para cada estado nacional (Imagem: Montagem/FDR)
IPVA 2024: saiba onde consultar o valor do imposto para cada estado nacional (Imagem: Montagem/FDR)

Maranhão

  • Alíquota de 1%  a 2,5%;
  • A isenção é aplicada às pessoas com deficiência, veículos usados para o transporte escolar, e alguns outros casos;

Mato Grosso

Mato Grosso do Sul

  • Alíquota de 1,5% a 4,5%;
  • Tem direito à isenção: pessoas com deficiência, embarcação de pescador profissional, entre outros;
  • A consulta pode ser feita pelo site do Governo Estadual do Mato Grosso do Sul

Minas Gerais

Pará

  • Alíquota de 0,5% a 2,5%;
  • A consulta pode ser feita no site da Sefa-PA

Paraíba

  • A alíquota é de 2,5% sobre o valor do carro na tabela FIPE
  • Isenção para deficiência física, visual, mental ou autista, taxista, proprietários de veículos cadastrados no Ministério do Turismo na qualidade de transporte turístico, veículos fabricados a mais de 15 anos;
  • A consulta pode ser feita pelo site SER/PB

Paraná

Pernambuco

Piauí

  • Alíquota de 1% a 3%;
  • Isenção para motos com menos de 160 cilindradas;
  • Consulta pelo site site do Detran-PI.

Rio de Janeiro

Rio Grande do Norte

Rio Grande do Sul

Rondônia

  • Alíquota de 1% a 3%
  • Isenção para motos de até 170 cilindradas;
  • Consulta pelo site da Sefin-RO

Roraima

Santa Catarina

São Paulo

  • Alíquota de 1% a 4%;
  • Isenção para moto-taxistas, PCD, Entidades e pessoas com direito a tratamento diplomático, ônibus e micro-ônibus;

Sergipe

  • Alíquota de 1% a 10%;
  • Isenção para veículos fabricados há mais de 20 anos;
  • Consulta pelo site da Sefaz-SE

Tocantins

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.