Bolsa Família 2023: saiba qual o valor pago pela quantidade de filhos em cada cadastro

Pontos-chave
  • Desde março o valor do Bolsa Família aumenta a cada criança no grupo familiar;
  • Os valores adicionais vão de R$ 50 a R$ 150 por criança;
  • É preciso atualizar os dados para incluir novos membros.

A grande transformação trazida para o pagamento do Bolsa Família 2023 foi a inclusão de valores adicionais por filhos cadastrados. Uma das críticas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao modelo anterior do programa era o valor fixo independente da composição de cada família.

Bolsa Família 2023: saiba qual o valor pago pela quantidade de filhos em cada cadastro
Bolsa Família 2023: saiba qual o valor pago pela quantidade de filhos em cada cadastro (Imagem: FDR)

Quando a família é composta por crianças os gastos mensais para se manter aumentam. É preciso investir em material escolar, alimentação, roupas que se perdem a cada nova estação, remédios e outros cuidados. Foi pensando nisso que o valor do Bolsa Família 2023 ficou maior para quem tem crianças.

Desde março o governo federal deu início aos benefícios complementares, inicialmente liberando uma quantia extra para cada criança de 0 a 6 anos. Ao longo dos meses foi trazendo mais novidades, beneficiando quem tem até 17 anos. E a mais recente liberação foi para bebês de até 7 meses. 

Em contra partida o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) tem investido em mais fiscalização para o Bolsa Família 2023. Excluindo do grupo de contemplados aqueles que não cumprem com os requisitos, e automaticamente liberando verba para investir na inclusão de novos grupos.

É por isso que manter os dados do Cadastro Único atualizados ajuda a garantir a permanência no programa, além de receber os benefícios complementares que lhes são de direito. Já são 21,45 milhões de famílias inscritas no programa e recebendo o auxílio financeiro todos os meses, a um custo de R$ 14,67 bilhões.

Valor do Bolsa Família 2023 por criança

O valor do Bolsa Família 2023 parte de R$ 600. A mesma quantia foi liberada pelo Auxílio Brasil de forma emergencial entre os meses de agosto e outubro de 2022, e cumprindo sua promessa de campanha Lula fixou esta quantia desde janeiro deste ano. O valor é o mínimo a ser recebido por cada grupo contemplado.

Quem possuí em sua composição crianças e adolescentes recebe um incentivo financeiro para lidar com os gastos que esse público possuí. O valor adicional é pago por criança, isso significa que quanto mais numerosa for a família, maior será a quantia recebida no programa.

Como aumentar o valor do Bolsa Família?

Quem tem alguma criança dentro do limite de idade que garanta um benefício complementar, mas que ainda não esteja recebendo, pode aumentar o valor do Bolsa Família. Para isso será preciso manter o governo informado sobre quais são as pessoas que compõem a sua família.

É exatamente este o papel do Cadastro Único, será por meio dele que ao fazer uma nova seleção em programas sociais, ou na liberação de complementos financeiros, o sistema público vai identificar os dados daquela família.

QUEM VAI RECEBER O BOLSA FAMÍLIA EM NOVEMBRO? VEJA O CALENDÁRIO DE PAGAMENTOS E O VALOR CONFIRMADO!

Consulta ao valor do Bolsa Família

Depois da atualização cadastral, para saber qual o valor do Bolsa Família 2023 de cada mês o titular pode fazer a consulta online. Por meio desta verificação será possível descobrir o valor transferido para a conta naquele mês. Recomendamos que esta consulta seja feita uma semana antes do início dos pagamentos. 

Calendário Bolsa Família de novembro

O próximo pagamento acontece a partir do dia 17.

Lila CunhaLila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com
Sair da versão mobile