Benefício extraordinário é pago para os beneficiários do CadÚnico

Os beneficiários do CadÚnico (Cadastro Único) terão o direito a receber um benefício extraordinário ainda neste mês de outubro. Uma quantia adicional de R$ 200 será depositada nas contas dos cidadãos que possuem registro no banco de dados do Governo Federal. 

Benefício extraordinário é pago para os beneficiários do CadÚnico
Benefício extraordinário é pago para os beneficiários do CadÚnico. (Imagem: FDR)

O benefício extraordinário será destinado aos titulares do Bolsa Família. Os repasses referentes a outubro seguem o cronograma oficial, considerando o NIS dos titulares, refletindo as quotas dos beneficiários do CadÚnico.

Famílias com um filho menor de seis anos, com direito a R$ 150 do Benefício Primeira Infância, e que tenham uma gestante ou uma criança/adolescente de sete a 18 anos, elegíveis para receber mais R$ 50 do Benefício Variável Familiar, agora podem receber uma compensação de R$ 200.

Estar registrado no CadÚnico é essencial para acessar programas de auxílio social, como o Bolsa Família. A inscrição pode ser feita em pontos de assistência social municipal, como o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), com CPF ou título de eleitor.

É fundamental notar que a inscrição no CadÚnico não garante a entrada imediata no Bolsa Família. Mensalmente, o programa identifica automaticamente novos beneficiários elegíveis para assistência financeira.

Auxílios pagos a beneficiários do CadÚnico

Dentre os diversos auxílios concedidos ao ingressar no registro no CadÚnico, incluem-se:

  • BPC;
  • Bolsa Família;
  • Auxílio-Gás;
  • Tarifa Social de Energia Elétrica;
  • Carta Social;
  • Minha Casa Minha Vida;
  • Serviços Assistenciais;
  • Identidade Jovem (ID Jovem);
  • Programa Brasil Alfabetizado;
  • Isenção da taxa de inscrição no Enem;
  • Carteira do Idoso;
  • Programas Cisternas;
  • Aposentadoria para Pessoas de Baixa Renda;
  • Programa de estímulo para as atividades Produtivas Rurais/ Assistência Técnica e Extensão Rural;
  • Isenção de taxas de inscrição em Concursos Públicos;
  • Telefone Popular;
  • Crédito Instalação;
  • Programa Nacional de Reforma Agrária;
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil;
  • Água para Todos;
  • Programa Nacional de Crédito Fundiário;
  • Programa de Apoio à Conservação Ambiental (Bolsa Verde);
  • Bolsa Estiagem.

Quais beneficiários do CadÚnico podem receber o Bolsa Família?

As famílias devem cumprir compromissos nas áreas de saúde e de educação. São elas:

  • Realização do acompanhamento pré-natal;
  • Acompanhamento do calendário nacional de vacinação;
  • Realização do acompanhamento do estado nutricional das crianças menores de 7 anos;
  • Frequência escolar mínima de 60% para as crianças de 4 a 5 anos, e de 75% para os beneficiários de 6 a 18 anos incompletos que não tenham concluído a educação básica;
  • A família deve sempre manter atualizado o Cadastro Único (pelos menos, a cada 24 meses).

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.