Bolsa Família paga parcela extraordinária de R$ 4.260; Saiba quem tem direito

Atenção, beneficiário! O Bolsa Família pode pagar uma parcela extraordinária no valor de R$ 4.260. A estimativa é para que o valor seja dividido em três mensalidades de R$ 1.420 cada. Continue acompanhando para entender como o repasse funcionará!

Bolsa Família paga parcela extraordinária de R$ 4.260; Saiba quem tem direito
Bolsa Família paga parcela extraordinária de R$ 4.260; Saiba quem tem direito. (Imagem: FDR)

O Bolsa Família é um programa social de transferência de renda. O valor mínimo repassado a cada beneficiário é R$ 600. O intuito é fomentar a educação, a saúde e o desenvolvimento entre as famílias beneficiárias que se encontram em situação de vulnerabilidade social. 

As famílias beneficiárias do programa, compostas por até dez integrantes, terão a chance de atingir a parcela recorde do Bolsa Família de R$ 1.420 durante os três últimos meses do ano, totalizando a promessa de R$ 4.260.

O montante está associado à nova fórmula do Governo Federal que garante uma transferência mínima para cada componente. Pela regra do Bolsa Família, cada integrante do grupo familiar tem direito a receber um benefício de R$ 142 reais.

Na circunstância de famílias pequenas que não atingirem nem mesmo a parcela fixa de R$ 600, o Governo Federal garante o complemento. Abaixo você confere as regras e valores atuais do Bolsa Família em 2023

Quais são as regras do Bolsa Família?

As famílias devem cumprir compromissos nas áreas de saúde e de educação. São elas:

BOLSA FAMÍLIA DE OUTUBRO SERÁ PAGO NESSES DIAS: CALENDÁRIO COMPLETO DE PAGAMENTOS

Qual é o valor do Bolsa Família?

Esses valores são cumulativos. E o governo terá que corrigi-los, no máximo, em dois anos. Os pagamentos do novo Bolsa Família começaram em março com valor médio de R$ 670.

Calendário do Bolsa Família de outubro

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.
Sair da versão mobile