Casas Bahia anuncia GRANDE NOVIDADE envolvendo cartão de crédito para beneficiar clientes

A Casas Bahia anunciou uma nova parceria estratégica que vai beneficiar mais de 2 milhões de clientes. A atitude mostrou que, enquanto o Banco Central analisa estratégias para diminuir as taxas do rotativo do cartão de crédito, o mercado financeiro continua evoluindo.

Banco digital cobra nova tarifa em seu cartão e deixa usuários CHATEADOS
Casas Bahia anuncia GRANDE NOVIDADE envolvendo cartão de crédito para beneficiar clientes (Imagem FDR)

A Casas Bahia, uma das maiores redes varejistas do Brasil, com uma base de 3,9 milhões de titulares de cartões co-branded, estabeleceu uma parceria estratégica com a bandeira Elo, com o intuito de ampliar sua base de clientes em 2 milhões.

Este novo produto, conhecido como “Casas Bahia Fácil,” será oferecido de forma automática aos clientes que não obtiveram aprovação em outras linhas de crédito disponibilizadas pela empresa.

Estratégia das Casas Bahia

  • Atualmente, a Casas Bahia já conta com 3,9 milhões de clientes que realizam compras parceladas com seu cartão co-branded associado à Visa.
  • A parceria com a bandeira Elo se destaca por trazer um novo cartão de crédito sem anuidade, desde que seja usado exclusivamente para compras na própria Casas Bahia.
  • Essa iniciativa reflete a estratégia da empresa de ampliar seu alcance no mercado financeiro, proporcionando alternativas de crédito mais acessíveis a um público mais amplo.

O perigo do Rotativo do Cartão

  • O rotativo do cartão de crédito é um recurso que permite aos titulares pagar apenas uma parte da fatura, deixando o restante para o mês seguinte. Parece tentador, não é? Mas a realidade é que ele carrega consigo algumas armadilhas financeiras.
  • A grande pegadinha do rotativo são as taxas de juros. Elas costumam ser bem mais altas do que as de empréstimos pessoais, e isso é onde mora o perigo. Deixar uma dívida no rotativo por muito tempo pode transformar aqueles gastos aparentemente inofensivos em uma bola de neve de juros exorbitantes.
  • Além das taxas estratosféricas, o rotativo tem um prazo curtíssimo. Geralmente, você tem cerca de 30 dias para pagar a dívida. Se não o fizer, a fatura integral vencerá, e você estará oficialmente enrolado.
  • A melhor maneira de usar o cartão de crédito de forma inteligente é evitar o rotativo a todo custo. Pague o valor integral da fatura sempre que possível. Se isso não for viável, procure outras alternativas, como empréstimos pessoais com taxas mais razoáveis. (Veja algumas opções clicando aqui)

Ariel França
Sou produtor multimídia com mais de 10 anos de experiência. Formado em Jornalismo e pós-graduado em Direito Administrativo e Gestão Pública. Concentro-me em simplificar temas complexos, como finanças, gestão pública e administração, para torná-los acessíveis a todos os públicos. Acredito na importância de uma comunicação responsável e de alta qualidade em todas as mídias, mantendo-me atualizado constantemente para atender às demandas do mercado de forma competente.