Pagamentos do INSS de setembro geram dúvidas; entenda como funciona os valores extras

Entre os grupos de aposentados, pensionistas e segurados estão circulando algumas dúvidas sobre os pagamentos do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Tudo porque, há informações sobre um salário extra concedido neste mês que pode afetar mais de 700 mil pessoas de um único estado.

Pagamentos do INSS de setembro geram dúvidas; entenda como funciona os valores extras
Pagamentos do INSS de setembro geram dúvidas; entenda como funciona os valores extras (Imagem: FDR)

A partir da próxima semana, em 25 de setembro, começa um novo calendário de pagamentos do INSS com pouco mais de 38 milhões de pessoas contempladas, mas há dúvidas sobre como deve acontecer essa liberação. Tudo porque, existem informações na internet sobre a concessão de um salário adicional.

Pagamentos do INSS vão liberar benefício extra?

  • O INSS permite a antecipação de um saláriomas esse não é um benefício extra. Isso porque, será preciso devolver para o governo o que foi recebido de forma adiantada. A ideia é apenas permitir que o aposentado ou pensionista tenha acesso a um salário a mais em um momento de vulnerabilidade.
  • Apenas moradores do Rio Grande do Sul têm direito, mais especificamente aqueles que vivem em 91 municípios do estado que decretaram situação de calamidade pública devido as fortes chuvas. Nesta região a passagem do ciclone extratropical destruiu municípios.
  • Será preciso devolver o que foi pago a mais, em um prazo de até 36 meses contados a partir do terceiro mês em que o salário foi depositado. Não há cobrança de juros como normalmente acontece em um crédito pessoal ou consignado.
  • A antecipação é feita diretamente com o banco, basta procurar a agência da instituição em que os pagamentos do INSS já têm acontecido. O aposentado, pensionista ou segurado assina um termo requerendo a liberação. Este é um ato opcional, ou seja, faz quem tem interesse.
  • Em setembro todos os salários serão antecipados, também exclusivamente para moradores do Rio Grande do Sul. Independente do valor que recebem ou do número do benefício o salário será transferido no dia 25 de setembro.
  • Não haverá 13º salário, bônus ou pagamentos do INSS extra neste mês. O governo federal já publicou uma nota esclarecendo que as mensagens que circulam via redes socias sobre um adicional para todo o país são falsas. A única ação que vale é o adiantamento no Sul.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]