Precisa trocar a geladeira? Foi lançada uma grande OPORTUNIDADE para brasileiros

Está precisando trocar sua geladeira? Saiba que em alguns estados as geladeiras dos habitantes estão sendo trocadas por modelos mais modernos. Veja os detalhes.

Precisa trocar a geladeira? Foi lançada uma grande OPORTUNIDADE para brasileiros
Precisa trocar a geladeira? Foi lançada uma grande OPORTUNIDADE para brasileiros (Imagem FDR)

A troca de geladeira está sendo promovida pelo programa de eficiência energética Enel Compartilha Eficiência. Com objetivo de economizar energia, já foram trocadas mais de 8 mil geladeiras em 40 municípios de São Paulo, Rio de Janeiro e Ceará.

Programa faz troca de geladeira 

As geladeiras foram substituídas ao longo do primeiro semestre deste ano. Todas elas possuem o selo Procel de economia de energia e podem gastar até 70% menos energia do que modelos anteriores.

Estas trocas integram o programa Enel Compartilha Eficiência, um dos projetos de sustentabilidade da companhia. 

Seu objetivo é o de promover ações sustentáveis e inclusivas para a população do país e tem previsão do Programa de Eficiência Energética (PEE), da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que estimula o uso eficiente da energia elétrica em todos os setores da economia.

A ação promove ainda, além da troca das geladeiras, ações com os clientes que contém palestras e dicas de consumo consciente de energia, como as questões de segurança no uso doméstico. 

O objetivo de tudo é o de reforçar os conhecimentos sobre a melhor forma de usar os aparelhos domésticos e evitar despesas desnecessárias. 

Também são promovidos debates sobre temas socioeconômicos e ambientais. Essas ações já beneficiaram mais de 29 mil moradores das cidades atendidas pela distribuidora.

Mais benefícios no programa de troca de geladeira

Os clientes podem economizar ainda com a redução da emissão de gás carbônico na atmosfera e na substituição de materiais recicláveis como papel, plástico, metal e vidro. 

O Ecoenel, projeto que integra outra frente de sustentabilidade da empresa, também é viabilizado pelo Programa de Eficiência Energética. No primeiro semestre deste ano, o Ecoenel arrecadou mais de 3,5 mil toneladas de resíduos na área de concessão da distribuidora de energia.

Segundo cálculos realizados pela empresa, este volume conseguiu evitar a emissão de cerca de 11 mil toneladas de gás carbônico na atmosfera, resultando na economia de mais de 15 mil MWh de energia

De acordo com cálculos da Enel, este montante é o bastante para abastecer 7,3 mil famílias por um ano.

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.