INSS libera “salário extra” neste mês para todos os aposentados e pensionistas

Os aposentados, pensionistas e até mesmo quem recebe o BPC (Benefício de Prestação Continuada) poderão antecipar um salário neste mês. A ideia do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) é permitir que um público vulnerável consiga receber um benefício a mais, mas não é isento de cobrança no futuro.

INSS libera "salário extra" neste mês para todos os aposentados e pensionistas
INSS libera “salário extra” neste mês para todos os aposentados e pensionistas (Imagem: FDR)

Neste mês de setembro o INSS, com autorização do Ministério da Previdência Social, vai antecipar o pagamento de benefícios previdenciários e assistenciais a moradores das cidades atingidas pelas fortes chuvas nos últimos dias no Sul do país. A ideia é que a medida possa beneficiar 706.619 pessoas dessas regiões.

O governo federal autorizou a liberação de R$ 728 milhões para ajudar o estado, depois que a passagem do ciclone extratropical deixou mais de 11 mil desabrigados e 47 mortes confirmadas. O dinheiro deve ser usado na compra de máquinas, liberação de auxílio financeiro, alimentos, e outros.

Especificamente o INSS deve desembolsar R$ 1,21 bilhão na antecipação de benefícios previdenciários e assistenciais no Rio Grande do Sul. Foram adotadas duas medidas voltada aos aposentados, pensionistas e segurados. A primeira é o adiantamento do calendário, e a outra o recebimento do salário extra. 

Vamos pagar benefícios extras para esses cidadãos, é um protocolo que o INSS adota, mas que foi adiantando para permitir que essas pessoas recebam salários extras para poder mitigar um pouco todos os custos que eles vão ter“, afirma o presidente do Instituto, Alessandro Stefanutto.

Como receber salário extra do INSS?

A antecipação de um salário extra no INSS está autorizado para todos os aposentados, pensionistas e quem recebe benefícios assistenciais ou temporários. Desde que residem em um dos 79 municípios do Rio Grande do Sul que decretaram situação de calamidade pública.

É importante dizer que a antecipação funciona como um empréstimo, e por isso precisará ser devolvido para a Previdência Social. As regras são:

Quem não quiser o adiantamento tem a opção de receber o salário mais cedo, já que independente do valor ou número do benefício todos receberão em 25 de setembro. 

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com
Sair da versão mobile