MEI tem linha de crédito especial na CAIXA; saiba como conseguir

Microempreendedor individual tem linha de crédito especial na CAIXA e pode potencializar o seu negócio. Veja os procedimentos necessários para conseguir um empréstimo como MEI ou microempreendedor.

MEI tem linha de crédito especial na CAIXA; saiba como conseguir
MEI tem linha de crédito especial na CAIXA; saiba como conseguir(Imagem: FDR)

O Brasil saltou de 9,7 milhões microempreendedores individuais, em fevereiro de 2020, para 15,1 milhões em maio de 2023, um avanço de 55,6%, segundo a Receita Federal. Ao se tornar MEI, você tem acesso a diversos benefícios e direitos, um deles e a linha de crédito especial na CAIXA.

Conseguir um empréstimo pode ser um grande desafio no Brasil, principalmente quando falamos de valores para serem investidos. São papeladas, burocracias, diversas condições e altos juros.

A linha de crédito da Caixa voltada aos microempreendedores e MEIs foi criada para diminuir essa burocracia.

Linha de crédito especial na CAIXA para MEI

Apenas 16,2% das empresas do comércio, 15,7% das indústrias e 11,9% do setor de serviços não enfrentam dificuldades para conseguir crédito.

O dado foi extraído do Boletim Mensal Sondagem Econômica MPE, do Sebrae em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Na Caixa, o MEI pode ter um crédito liberado de até R$ 3 mil, valor que pode ser pago em até 24 vezes. Esse valor pode ser utilizado para o pagamento de contas ou fornecedores; compra de insumos para produção; ou na manutenção da empresa.

Enquanto, na Caixa, a taxa de juros para pessoa física está a partir de 2,99% ao mês, para o MEI ela está entre 1,99% a 3,6% ao mês.

A contratação pode ser feita virtualmente, através do preenchimento de um formulário; pelo WhatsApp CAIXA 0800 104 0 104, envie a hashtag #microcreditoPJ para iniciar o atendimento; ou presencialmente em uma das agências Caixa.

Crédito para MEI

A Caixa não é a única instituição financeira a oferecer crédito ao microempreendedor individual; veja outras opções abaixo:

  • Sebrae e Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe)
  • Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), do governo federal
  • Programa de Simplificação do Acesso a Produtos e Serviços Financeiros para os Pequenos Negócios (Cred+) do governo federal

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.