Receba sua parte! Caixa Econômica distribui R$ 12 bilhões do FGTS aos trabalhadores

A Caixa Econômica Federal acaba de anunciar uma ótima notícia para os trabalhadores brasileiros. Cerca de R$ 12 bilhões em lucro do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), obtido no ano passado, serão repassados aos cotistas. Confira abaixo os principais pontos sobre esse assunto e quem terá direito a recebê-lo.

VANTAGEM! Trabalhador CLT comemora nova decisão do Governo
Receba sua parte! Caixa Econômica distribui R$ 12 bilhões do FGTS aos trabalhadores (Imagem: FDR)

De acordo com a legislação, a distribuição do lucro deve ocorrer até 31 de agosto, e cada trabalhador receberá o valor individualmente, baseado no saldo de suas contas do FGTS em 31 de dezembro de 2022. Essa distribuição é destinada a trabalhadores com contas ativas e inativas que possuíam saldo no fundo até o final do ano passado. Vale lembrar que aqueles que começaram a trabalhar com direito ao Fundo em 2023 não serão contemplados nessa distribuição.

O depósito do lucro será proporcional ao saldo que o trabalhador tinha em suas contas do FGTS no último dia de 2022, ou seja, quanto maior o saldo, maior será o valor do lucro a ser recebido pelo trabalhador. Esse lucro é composto por um rendimento fixo de 3% ao ano, somado à taxa referencial (TR), além de uma parte dos lucros do Fundo de Garantia, distribuída aos trabalhadores desde 2017.

Como foi formado o lucro do FGTS?

Vale destacar que o rendimento do FGTS em 2022 ficou abaixo da inflação oficial do mesmo ano, o que resultou em uma rentabilidade de 5,83%. Mesmo assim, a distribuição dos lucros não altera as regras para saque, que continuam determinadas em lei e incluem situações como demissão sem justa causa, aposentadoria, compra da casa própria ou saque-aniversário.

A redução do lucro em relação ao valor estimado se deve, em parte, a uma reserva criada para suprir os prejuízos com operações de crédito para negativados. Essa reserva passou de R$ 1,86 bilhão para R$ 4,59 bilhões, representando um aumento de 147%. 

A Caixa Econômica utiliza os recursos do FGTS para financiar projetos de habitação, saneamento e infraestrutura, gerando lucro adicional para o fundo. É essencial que os trabalhadores estejam atentos às informações sobre o depósito do lucro, que poderá ser consultado pelo aplicativo, disponível para Android e iOS. A Caixa é a responsável pela administração do Fundo e, portanto, conduzirá a distribuição do lucro para os trabalhadores cotistas.

Ariel França
Sou produtor multimídia com mais de 10 anos de experiência. Formado em Jornalismo e pós-graduado em Direito Administrativo e Gestão Pública. Concentro-me em simplificar temas complexos, como finanças, gestão pública e administração, para torná-los acessíveis a todos os públicos. Acredito na importância de uma comunicação responsável e de alta qualidade em todas as mídias, mantendo-me atualizado constantemente para atender às demandas do mercado de forma competente.