Diversos usuários do NUBANK precisam tomar importante DECISÃO

O Nubank, um dos principais bancos do país, atende milhões de clientes todos os dias. A partir de hoje, uma parcela destes clientes terá que tomar uma importante decisão. Confira os detalhes.

Diversos usuários do NUBANK precisam tomar importante DECISÃO
Diversos usuários do NUBANK precisam tomar importante DECISÃO (Imagem FDR)

Nesta semana, o Nubank comunicou o início da nova fase do plano de descontinuidade de seu programa de BDRs nível III. BDRs são certificados de depósitos de ações no exterior negociadas na B3, a bolsa de valores brasileira.

Investidores do Nubank precisam tomar decisão 

Os BDRs seguem existindo e apenas mudarão de categoria, saindo do nível III para nível I. A diferença é que BDRs nível III necessitam que a empresa seja listada no Brasil, ao passo que os de nível I não exigem isto.

MAIS DINHEIRO LIBERADO PARA VOCÊ: COMO AUMENTAR O LIMITE DO CARTÃO NUBANK SEM ANÁLISE DE CRÉDITO ?

Tenho BDRs do Nubank! O que eu faço?

O banco comunicou, na nova fase do seu plano, que os clientes que possuem BDRs terão um prazo de 30 dias, ou seja entre 13 de julho e 11 de agosto, para decidir o que farão com seus papéis. A fintech deu três possibilidades aos clientes:

Após tomar a decisão, os clientes devem informá-la para seus respectivos agentes de custódia local ou corretora. A decisão também deve ser tomada por pessoas que receberam um “pedacinho” do Nubank através do programa NuSócios.

Para clientes Nubank e NuInvest, o processo de escolha foi disponibilizado no aplicativo do Nubank.

Após finalizar a descontinuidade do programa de BDRs Nível III através da realização dos procedimentos previstos, a empresa seguirá com a solicitação de cancelamento de registro de companhia aberta perante à CVM.

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.
Sair da versão mobile