Operadoras devem CANCELAR planos e REVOLTAM brasileiros

As operadoras de celular oferecem vários benefícios para os assinantes como forma de mantê-los em suas bases de clientes. No entanto, as empresas podem acabar com um benefício muito usado pelas pessoas. Saiba os detalhes.

Operadoras devem CANCELAR planos e REVOLTAM brasileiros
Operadoras devem CANCELAR planos e REVOLTAM brasileiros (Imagem FDR)

Estamos falando dos planos que oferecem o uso de alguns aplicativos sem descontar da franquia de dados. As operadoras que atuam no mercado nacional, como Claro, Vivo e TIM, estariam planejando acabar com esse benefício.

Operadoras querem acabar com benefício importante 

As empresas, de acordo com o Estadão, querem acabar com o benefício de aplicativos sem descontar da franquia como uma forma de otimizar os ganhos e investir na capacidade das redes. Outro objetivo é ampliar a cobertura da nova rede 5G.

“Não tenho dúvida que o zero rating foi um erro, um equívoco”, disse ao Estadão o presidente da Claro, José Félix. Porém, ainda segundo o executivo “não há nada que não possa ser consertado”.

Na estratégia que tem o nome técnico de zero rating, o cliente que contrata determinado plano de uma operadora passa a usar alguns aplicativos determinados sem descontar da sua franquia de internet.

A Vivo oferece sem descontar da franquia o uso do WhatsApp e do Waze a em algumas opções de planos pré e pós-pagos. A TIM libera o WhatsApp e o Deezer em alguns casos, ao passo que a Claro disponibiliza o WhatsApp, Instagram, Waze, Facebook e TikTok.

Consumo de dados cresceu 

A questão é que o consumo de dados cresceu muito ao longo dos últimos anos e pode aumentar ainda mais com a expansão do 5G. Entre os apps que mais consomem dados estão o YouTube, WhatsApp, Netflix e Amazon.

De acordo com o Estadão, a Vivo já está cortando de forma significativa a política comercial de zero rating. A TIM, por sua vez, afirmou que esse é um tema que vem sendo avaliação. Por fim, a  Claro também vem estudando ações neste sentido.

Esta é uma decisão que com certeza gerará polêmica entre os clientes. Vamos aguardar para ver como será.

Paulo AmorimPaulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.
Sair da versão mobile