NUBANK ajuda brasileiros a resolverem problemas com estas soluções

Pontos-chave
  • Conheça algumas coisas que o Nubank criou para facilitar seu dia a dia
  • Banco completou 10 anos em 2023

O Nubank completou 10 anos recentemente e em pouco tempo se tornou o principal banco digital do país. Seu grande objetivo sempre foi o de acabar com a burocracia do sistema financeiro e descomplicar as finanças das pessoas. Com isso, desde 2013, o banco criou diversos produtos e serviços para atender os clientes de forma cada vez melhor.

NUBANK ajuda brasileiros a resolverem problemas com estas soluções
NUBANK ajuda brasileiros a resolverem problemas com estas soluções (Imagem FDR)

No ano do aniversário de 10 anos do Nubank, a empresa listou em seu blog algumas situações enfrentadas no dia a dia das pessoas que o banco conseguiu ajudar a resolver através do uso do aplicativo.

Situações que o Nubank ajudou os clientes a resolver 

Tenho planos, mas não sei por onde começar 

Se este é o seu caso, o banco te ajudou através das Caixinhas, ferramenta criada para guardar dinheiro de forma organizada e do seu jeito.

Na prática, ao criar as suas Caixinhas, o cliente separa uma quantia de dinheiro para cada um dos seus objetivos e pode ainda definir quanto quer guardar em cada uma delas. Os valores guardados nas Caixinhas ficam separados do dinheiro da conta e não ficam parados: todas as Caixinhas têm investimentos por trás.

Surgiu uma oportunidade, mas estou sem dinheiro 

Sabe quando você está guardando uma grana para atingir um objetivo? Seja uma compra, uma viagem, etc, e aparece uma oportunidade imperdível de forma inesperada antes de você estar com todo o valor necessário?

O Nubank consegue te ajudar através do empréstimo. Através do app, diversos clientes já contam com um valor pré-aprovado de empréstimo pessoal. Este valor é mostrado na página principal do aplicativo. O cliente pode simular o valor que quer pegar emprestado e conferir todas as taxas antes mesmo de contratar. Desta forma, você se planeja melhor e não tem surpresas.

Estou sem saldo na conta e aparece uma emergência

Sabe quando surge um imprevisto quando menos esperamos ou quando nada podia sair do planejado? Para deixar a situação mais complicada, a emergência só pode ser paga à vista. O Nubank te ajuda através do PIX no crédito.

Com essa função, você pode utilizar o limite do seu cartão de crédito em pagamentos via Pix, seja para pessoas físicas ou jurídicas (empresas). Elas continuam recebendo os valores na hora, mas você consegue pagar no seu ritmo, e ainda tem a possibilidade de parcelar essa conta no seu cartão em até 12 vezes.

Esta função pode ser utilizada por quem não tem saldo em conta, ou em situações em que a pessoa ou a empresa para quem você precisa realizar um pagamento só aceita pagamento à vista.

Orçamento estourou e ainda tenho boletos para pagar 

Sabe quando o seu orçamento já está acabando e ainda tem boletos para pagar? Uma função que pode te ajudar é o parcelamento de boletos através do cartão de crédito.

A função é uma forma de ajudar os clientes pessoa física ou jurídica (empresa) a manter suas contas em dia. Ao pagar boletos com cartão de crédito, você concentra os gastos e pagamentos no mesmo lugar: na fatura do seu cartão Nubank. Além disso, tem a possibilidade de parcelar o boleto para manter as contas em dia sem perder o controle do orçamento.

Meu celular foi roubado ou furtado 

Hoje em dia, carregamos em nosso celular praticamente toda nossa vida. Quando o aparelho e roubado ou furtado a dor de cabeça é grande. O Nubank também pode te ajudar nessa situação através do Nubank Celular Seguro, o seguro de celular da fintech.

Com o Nubank Celular Seguro, você pode personalizar uma cobertura específica para as suas reais necessidades. A cobertura do nosso seguro inclui furto simples e qualificado ou roubo; dano acidental (como tela quebrada ou danos por água, por exemplo); e também há uma cobertura extra contra transações digitais indevidas que está sendo disponibilizada gradualmente para os clientes.

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.