Urgente: Petrobras anuncia NOVOS preços para gasolina, gás e diesel. Brasileiros FESTEJAM

Nesta terça, 16, Jean Paul Prates, o presidente da Petrobras, comunicou a redução no preço da gasolina, diesel e do gás de cozinha (GLP) para as distribuidoras. Este anúncio era muito aguardado por todos. Confira os detalhes.

Urgente: Petrobras anuncia NOVOS preços para gasolina, gás e diesel. Veja os IMPACTOS para o seu bolso
RUrgente: Petrobras anuncia NOVOS preços para gasolina, gás e diesel. Veja os IMPACTOS para o seu bolso (Imagem: FDR)

Os novos preços começam a valer nesta quarta, 17. Antes disso, a empresa havia anunciado o fim da política de paridade de importação e uma nova política de precificarão para os combustíveis nas refinarias.

Novos preços para gasolina, diesel e gás de cozinha 

A partir desta quarta, o preços nas refinarias ficará assim:

  • Gasolina: de R$ 3,18 para R$ 2,78 por litro (uma redução de R$ 0,40)
  • Diesel: de R$ 3,46 para R$ 3,02 por litro (redução de R$ 0,44)
  • Gás de cozinha GLP: de R$ 3,22 para R$ 2,53 por quilo (redução de R$ 8,97 por botijão de 13 kg)

Governo não interveio nos preços

O presidente da Petrobras explicou que o governo não teve participação nesta decisão. Continua não tendo (interferência do governo). […] O que estamos garantindo é menos volatilidade, menos sujeição a volatilidade especulativa internacional. Vamos ter o efeito da referência internacional, mas vai estar refratado em uma série de possibilidades nacionais”, disse ele, segundo o UOL.

Preço para o consumidor é mais alto 

É importante ressaltar que o valor dos combustíveis e do GLP para o consumidor final não é o mesmo citado acima. O repasse do preço depende de cada revendedor. De acordo com Prates, o litro da gasolina deve ser reduzido, em média, de R$ 5,49 para R$ 5,20; o diesel S10, de R$ 5,57 para R$ 5,18 nos pontos de venda.

Já o gás de cozinha deve ficar com um preço inferior a R$100 pela primeira vez desde outubro de 2021. Ainda segundo Prates, o botijão de gás de 13kg terá um valor médio de R$99,87.

“Estamos abrasileirando os preços da Petrobras. Se posso produzir com custos brasileiros, em território nacional, usando para esse efeito a autossuficiência conquistada pelo país, por vários heróis, pessoas, estadistas, regimes diferentes, políticos preservaram a luta pela autossuficiência em petróleo; ela precisa valer alguma coisa, e fica refletida nesse momento da Petrobras”, disse Prates, segundo o UOL.

Sobre a nova política de preços, não ficou clara ainda qual será a regra que irá balizar os preços daqui pra frente.

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.