Vestibular 2023: Prazo de inscrições para ingresso via ENEM na UnB está se encerrando

Com mais de 2 mil vagas, a Universidade de Brasília vai encerrar em breve o prazo para inscrição no seu vestibular 2023 com ingresso via ENEM. Os estudantes aprovados nessa seleção começarão os estudos no segundo semestre desse ano. Veja até quando você pode se inscrever.

Vestibular 2023: Prazo de inscrições para ingresso via ENEM na UnB está se encerrando
Vestibular 2023: Prazo de inscrições para ingresso via ENEM na UnB está se encerrando (Imagem: FDR)

Com um processo seletivo sem aplicação de provas, a Universidade de Brasília está com inscrições abertas para o seu vestibular 2023 via ENEM. Isso mesmo, os estudantes serão selecionados através da nota alcançada no exame. A UnB conta com 2.120 vagas em cursos de graduação presencial.

Dentro desse total de vagas há reserva para o sistema de cotas, os interessados em concorrer nessa modalidade devem ficar atentos aos critérios de cada modalidade.

Vestibular 2023 da UnB via ENEM

Podem participar da seleção todos aqueles que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio de 2022, durante o procedimento de inscrição os vestibulandos devem selecionar uma das modalidades de concorrência: Sistema Universal, o Sistema de Cotas para Escolas Públicas e o Sistema de Cotas para Negros.

Dentro do Sistema de Cotas para Escolas Públicas, há reserva de vagas para:

BANCO CENTRAL MUDA PIX E TAXAS PODEM SER COBRADAS POR BANCOS EM CADA TRANSFERÊNCIA

Cronograma e inscrição

Quer estudar na UnB? Então, corra, pois, o prazo de inscrição será encerado nessa quarta-feira, 19; veja abaixo o cronograma:

A inscrição pode ser feita gratuitamente através do site da Cebraspe. Para saber mais sobre a seleção e conferir os cursos disponíveis, acesse o edital.

Para saber mais sobre vagas de emprego, vestibulares e cursos, acompanhe a nossa editoria de Carreiras.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.
Sair da versão mobile