Aposentadoria antecipada? Descubra como adiantar o seu benefício pelo INSS

Pontos-chave
  • Existem diferentes tipos de aposentadorias disponíveis, cada uma com requisitos específicos, como idade mínima e tempo de contribuição;
  • Nos últimos anos, a aposentadoria do INSS tem sofrido mudanças significativas em suas regras e benefícios;
  • Para conseguir uma aposentadoria do INSS, é necessário seguir alguns passos e cumprir determinados requisitos.

A aposentadoria do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é um direito garantido aos trabalhadores brasileiros que contribuíram para o sistema previdenciário durante sua vida laboral. 

Aposentadoria antecipada? Descubra como adiantar o seu benefício pelo INSS
Aposentadoria antecipada? Descubra como adiantar o seu benefício pelo INSS. (Imagem: FDR)

Esse benefício tem como objetivo garantir uma renda mensal aos trabalhadores após a sua aposentadoria, de modo que possam desfrutar de um período de descanso e lazer com segurança financeira. 

Existem diferentes tipos de aposentadorias disponíveis, cada uma com requisitos específicos, como idade mínima e tempo de contribuição, e é importante conhecer as opções disponíveis para escolher a mais adequada às suas necessidades. 

No entanto, é importante ressaltar que, nos últimos anos, a aposentadoria do INSS tem sofrido mudanças significativas em suas regras e benefícios, o que pode gerar dúvidas e incertezas nos trabalhadores. Por isso, é essencial buscar informações atualizadas e orientações especializadas para garantir uma aposentadoria tranquila e segura.

Como é possível conseguir uma aposentadoria do INSS?

Para conseguir uma aposentadoria do INSS, é necessário seguir alguns passos e cumprir determinados requisitos. Em geral, os requisitos são relacionados à idade e tempo de contribuição, que variam de acordo com o tipo de aposentadoria que se deseja solicitar.

O primeiro passo é se cadastrar no INSS como segurado, o que pode ser feito pelo site ou aplicativo do órgão ou em uma agência da Previdência Social. Após o cadastro, é necessário começar a contribuir para o INSS por meio de uma das opções disponíveis, como a carteira de trabalho assinada, o pagamento como autônomo ou a contribuição como segurado facultativo.

Para a aposentadoria por idade, é necessário ter no mínimo 65 anos de idade para homens e 60 anos para mulheres, além de ter contribuído para o INSS por pelo menos 15 anos. Já para a aposentadoria por tempo de contribuição, é necessário ter contribuído para o INSS por pelo menos 35 anos, se homem, e 30 anos, se mulher.

Existem também outras modalidades de aposentadoria, como a por invalidez, por tempo de contribuição com pedágio, especial, por idade rural, entre outras, cada uma com seus próprios requisitos e particularidades.

Após cumprir os requisitos necessários, é possível solicitar a aposentadoria do INSS por meio do site ou aplicativo do órgão ou em uma agência da Previdência Social, apresentando a documentação necessária. O valor do benefício é calculado de acordo com as contribuições feitas ao INSS ao longo da vida laboral do trabalhador.

Tipos de aposentadoria e benefícios pagos pelo INSS

O INSS oferece diversos tipos de aposentadorias e benefícios previdenciários, cada um com suas próprias regras e requisitos. A seguir, estão listados as principais opções:

  • Aposentadoria por idade: para trabalhadores urbanos com idade mínima de 65 anos para homens e 60 anos para mulheres, com pelo menos 15 anos de contribuição.
  • Aposentadoria por tempo de contribuição: para trabalhadores urbanos que tenham contribuído por 35 anos, se homem, ou 30 anos, se mulher.
  • Aposentadoria por idade rural: para trabalhadores rurais com idade mínima de 60 anos para homens e 55 anos para mulheres, com pelo menos 15 anos de contribuição.
  • Aposentadoria por tempo de contribuição do professor: para professores com 30 anos de contribuição, se homem, ou 25 anos, se mulher, desde que tenham exercido exclusivamente atividades de magistério na educação infantil, no ensino fundamental ou médio.
  • Aposentadoria por invalidez: para trabalhadores que ficaram permanentemente incapacitados para o trabalho em razão de doença ou acidente.
  • Aposentadoria especial: para trabalhadores expostos a agentes nocivos à saúde ou à integridade física, como ruído excessivo, produtos químicos, radiação, entre outros.
  • Aposentadoria por tempo de contribuição com pedágio: para trabalhadores que tenham atingido o tempo mínimo de contribuição na data de entrada em vigor da Reforma da Previdência (13 de novembro de 2019) e optem por cumprir um pedágio de 50% sobre o tempo que faltava para completar o tempo mínimo.
  • Salário-maternidade: benefício pago às mães trabalhadoras que se afastam do trabalho por motivo de licença-maternidade.
  • Auxílio-doença: benefício pago aos trabalhadores que ficam temporariamente incapacitados para o trabalho em razão de doença ou acidente.
  • Pensão por morte: benefício pago aos dependentes do segurado do INSS em caso de falecimento, desde que o segurado tenha contribuído por pelo menos 18 meses ou tenha sido vítima de acidente de trabalho.

Como antecipar a aposentadoria do INSS?

A antecipação da aposentadoria do INSS pode ser feita por meio de duas modalidades: a aposentadoria por tempo de contribuição com pedágio e a aposentadoria por idade.

Na primeira opção, o trabalhador que ainda não atingiu o tempo mínimo de contribuição exigido pela legislação pode optar por cumprir um pedágio de 50% sobre o tempo que falta para completar o período mínimo.

Assim, se o trabalhador precisar contribuir por mais dois anos para se aposentar, ele pode optar por cumprir um pedágio de um ano (50% de dois anos) e solicitar a aposentadoria antecipada.

Já na aposentadoria por idade, o trabalhador que atingiu a idade mínima exigida pela legislação e não possui tempo de contribuição suficiente pode optar por se aposentar por idade, mesmo que ainda não tenha completado o tempo mínimo de contribuição. Nesse caso, o valor do benefício será reduzido pelo fator previdenciário.

É importante ressaltar que a antecipação da aposentadoria pode acarretar em uma redução no valor do benefício, pois o cálculo leva em consideração o tempo de contribuição e a idade do trabalhador. Por isso, é importante fazer uma análise cuidadosa e considerar todas as opções antes de tomar a decisão de se aposentar antecipadamente.

Para solicitar a antecipação da aposentadoria do INSS, o trabalhador deve agendar um atendimento em uma agência da Previdência Social ou fazer a solicitação por meio do site ou aplicativo do INSS. É necessário apresentar a documentação exigida, como o RG, CPF, carteira de trabalho e comprovantes de contribuição ao INSS.

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.