Como não cair em golpes financeiros e evitar “ter que orar” como o jogador Gustavo Scarpa

Está se tornando cada vez mais regular o relato de casos envolvendo golpes. Sejam eles digitais, por meio de negociações fraudulentas ou até mesmo com boletos falsos. Não foi diferente com o jogador do Nottingham Forest, da Inglaterra, Gustavo Scarpa. Acompanhe o caso e veja como não cair em ciladas.

Neste domingo, 12/03, o Fantástico divulgou uma reportagem onde mostrava relatos e entrevistas sobre o caso ocorrido com o ex-jogador do Palmeiras, Gustavo Scarpa. O mesmo foi induzido a fazer investimentos no mercado de criptomoedas pelo então companheiro de equipe, William Bigode.

De acordo com Scarpa, o investimento realizado foi de R$6,3 milhões para que a corretora WLJC fizesse a gestão de sua carteira digital. De acordo com a vítima, a empresa garantia um retorno de 5% sobre o valor investido. A empresa ainda alegava que havia uma reserva de R$2,1 bilhões na conta.

Acontece que o jogador percebeu que se tratava de um golpe quando resolveu sacar parte do valor investido. Os sócios da Xland, empresa suspeita de estelionato, alegavam motivos “estranhos” para não depositar o valor. Eles também não prestavam conta do que estava sendo feito com a verba investida.

Após muito diálogo com os sócios, o atleta recebeu parte do valor investido inicialmente de R$6,3 milhões. Esta parte recebida pelo jogador foi de R$1.200. Além de Scarpa, o jogador Mayke, do Palmeiras, também havia aplicado na corretora. O seu prejuízo foi de R$4,5 milhões. 

Não faça como Scarpa, desconfie de lucros absurdos.

Pode-se afirmar que foi um erro do jogador Gustavo Scarpa acreditar que um investimento retornaria 5% ao mês. Olhando os possíveis nichos de investimento no mercado financeiro, dificilmente você vai encontrar algum fundo ou ação que te retorne, de forma definitiva, esta porcentagem.

Vamos te lembrar algumas lições que conseguimos tirar desta situação indesejável:

  • Mesmo sendo recomendado por alguém de confiança, sempre analise os números;
  • Quando você achar que o retorno do investimento será muito alto, questione-se. Algo pode estar acontecendo e você poderá ser vítima de um golpe;  
  • Evite investir em mercados no qual você não tem familiaridade. Pense que é o seu patrimônio que está sendo investido e busque melhores opções.
  • Caso perceba que sofreu um golpe, procure um advogado especializado na área e realize um Boletim de Ocorrência na delegacia apropriada.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Flávio CostaFlávio Costa
Estudante de jornalismo, já atuou na área de assessoria política ao compor o time de comunicação da atual governadora do estado, durante sua campanha eleitoral. Anteriormente, cursou 2 anos no curso de relações internacionais, podendo ampliar sua visão no aspecto macro e micro do cenário nacional e internacional. Fluente em inglês, já atuou como professor de idiomas e também de matemática. Por fim, trabalhou ainda como analista de operações pelo grupo Amazon. Atualmente, dedica-se a universidade e ao portal FDR. Suas redes sociais são @flavioarcosta e flavioarcosta@gmail.com.