Beneficiários do Bolsa Família ficam em dúvidas quanto ao cartão de saque

Oficialmente, o Bolsa Família ainda não foi lançado e continua ativo no país o Auxílio Brasil. No início desse mês o presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) assinou uma medida provisória prorrogando o valor de R$ 600 para esse programa. Com indícios de que o Bolsa Família seja lançado até março, os beneficiários têm dúvidas sobre o cartão para saque do benefício.

Beneficiários do Bolsa Família ficam em dúvidas quanto ao cartão de saque
Beneficiários do Bolsa Família ficam em dúvidas quanto ao cartão de saque (Imagem: FDR)

A mudança de nome do principal programa de transferência de renda do país não foi um desejo exclusivo do presidente Lula. Em 2021, o Auxílio Brasil deu lugar ao Bolsa Família para que o governo de Jair Bolsonaro (PL) pudesse criar a sua própria marca social. Já que o Bolsa está fortemente ligado a gestão petista, ao ter sido criado em 2003, primeiro mandato de Lula.

Essa nova troca de nomes contou ainda com novos investimentos. Por exemplo, está garantido o valor de R$ 600 para todas as famílias contempladas no programa e dessa vez de forma permanente, e não temporária como acontecia com o Auxílio Brasil. Também foi anunciada a inclusão de um bônus de R$ 150 para crianças de até seis anos. 

Diante dessas mudanças e novidades, as famílias que já pertencem ao programa e aquelas que estão na fila de espera do Bolsa Família têm algumas dúvidas. As informações sobre como vai funcionar o novo auxílio estão sendo compartilhadas aos poucos pelo Ministério do Desenvolvimento Social.

Posso usar o cartão do Auxílio Brasil para sacar o Bolsa Família?

Sim! Aqueles que foram contemplados com o cartão do Auxílio Brasil que é mais tecnológico e possuí chip, podem usá-lo para receber o Bolsa Família. A substituição de cartões com um novo logotipo aconteceu no último ano pelo governo Bolsonaro, tendo sido necessário mais de R$ 93 milhões para realizar esse processo. 

Diante do valor e da logística que seriam necessários para que um novo cartão fosse reemitido para todas as 21,9 milhões de famílias contempladas, o governo não deve alterar esse documento. Isso significa que serão mantidos os métodos de saque do benefício, como:

  • Saque presencial em agências da Caixa Econômica ou casas lotéricas;
  • Saque sem cartão nos caixas eletrônicos da Caixa usando o App Caixa Tem;
  • Saque com o cartão do programa;
  • Cartão do Auxílio Brasil com chip permite compras na modalidade débito;
  • Movimentação online no App Caixa Tem.

Os novos aprovados no Bolsa Família receberão em seu endereço um cartão de saque, nesse caso o governo pode emitir o documento com o logo do programa . O que não deve acontecer é a substituição dos cartões já disponíveis.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Lila CunhaLila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com