CONCURSO para Polícia Técnica está com 456 vagas neste estado

No último sábado (3), foi publicado o edital do concurso público para o preenchimento de 456 vagas no Departamento de Polícia Técnica. De acordo com o edital, as inscrições poderão ser feitas entre 8 de setembro e 10 de outubro.

CONCURSO para Polícia Técnica está com 456 vagas neste estado
CONCURSO para Polícia Técnica está com 456 vagas neste estado (Imagem: FDR)

O concurso da polícia técnica foi divulgado pelo governo da Bahia. O certame é ligado à Secretaria da Segurança Pública (SSP). São ao todo, 456 vagas de nível superior, sendo 166 vagas para perito criminal, 103 vagas para perito médico legista, 10 vagas para perito odonto-legal e, por fim, 177 vagas para perito técnico.

De acordo com o edital, 5% das vagas serão reservadas para candidatos deficientes e 30% para aqueles que se autodeclararem negros. Sendo assim, para a ampla concorrência serão 297 vagas.

A banca organizadora do certame é o Instituto de Desenvolvimento Educacional Cultural e Assistencial Nacional (Idecan). O edital pode ser conferido no site do Idecan ou no Portal do Servidor BA.

O governador da Bahia, Rui Costa, anunciou o concurso na última sexta-feira (2), por meio das redes sociais. Além deste certame, foram anunciados novos concursos, até o fim deste ano, para a contratação de outros 3,5 mil policiais militares, civis e bombeiros.

Inscrições para o concurso público da polícia técnica da BA

As inscrições são, exclusivamente, pela internet, no site da Idecan. Os interessados poderão se inscrever a partir da próxima quinta-feira (8) até o dia 10 de outubro. A taxa de inscrição varia de R$ 140 a R$ 160, de acordo com o cargo.

Assim, para as vagas de perito criminal, perito médico legista e perito odonto-legal, o valor é R$ 160. Já as inscrições para as vagas de perito técnico têm custo de R$ 140. A inscrição só será validada após comprovação da veracidade das informações prestadas e pagamento da taxa dentro do vencimento.

Cargos e exigências do certame

Os cargos de perito criminal e perito técnico exigem formação de nível superior. O cargo de perito técnico também exige Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Essa deve ser válida e, no mínimo, na categoria “B”. 

Os cargos de perito médico legista e perito odonto-legal tem como pré-requisito bacharelado em Medicina e Odontologia, respectivamente. Todos os diplomas devem ser reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC).

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Glaucia AlvesGlaucia Alves
Formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar na equipe do FDR, produzindo conteúdo sobre finanças e carreira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência.