Como fazer inscrição no Cadastro Único e receber R$ 600 no Auxílio Brasil?

A inscrição no Auxílio Brasil está tendo grande procura pelos cidadãos menos favorecidos. O aumento de R$ 400 para R$ 600 foi um dos motivos que elevou o número de pessoas procurando entrar no programa social do Governo.

publicidade

Para entrar no Auxílio Brasil é preciso fazer a inscrição no Cadastro Único e aguardar na fila de espera para ser selecionado e contemplado com os pagamentos mensais.

Vale destacar que o procedimento para se inscrever no Vale Gás é semelhante ao do Auxílio Brasil, tendo o CadÚnico como base de dados para os dois benefícios.

Como fazer a inscrição no novo Auxílio Brasil?

Para fazer a sua inscrição basta realizar um pré-cadastro no aplicativo do CadÚnico. Será preciso agendar o dia que será feito o atendimento presencial da sua família em um dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) ou em postos de atendimentos do Cadastro Único e do antigo Programa Bolsa Família do seu município.

publicidade

Ao realizar o pré-cadastro e agendar a data do atendimento, antecipe-se e deixe os seguintes documentos separados para apresentar no dia marcado:

  • Certidão de Nascimento;
  • Certidão de Casamento;
  • CPF;
  • Carteira de Identidade – RG;
  • Carteira de Trabalho;
  • Título de Eleitor;
  • Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI) – somente se a pessoa for indígena.

É importante destacar que não será necessário que todos os membros da família compareçam até o CRAS. Apenas uma pessoa, acima de 16 anos, com CPF ou título de eleitor é suficiente para dar entrada no processo de cadastramento. Essa pessoa será chamada de “responsável familiar” e o recomendado que é seja uma mulher.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Entrevista do Cadastro Único no CRAS

No dia agendado, será feito uma entrevista com a responsável familiar onde serão feitas perguntas relacionadas a família. Dentre as perguntas, será questionado sobre quem faz parte da família, como é a residência onde todos moram, se há algum deficiente entre os membros, o grau de escolaridade dos integrantes e o valor da remuneração mensal da família.

Quem pode se Inscrever no CadÚnico?

  • Famílias com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa;
  • Famílias com renda mensal total de até três salários mínimos;
  • Famílias com renda maior que três salários mínimos, desde que o cadastramento esteja vinculado à inclusão em programas sociais nas três esferas do governo;
  • Pessoas que moram sozinhas – constituem as chamadas famílias unipessoais;
  • Pessoas que vivem em situação de rua — sozinhas ou com a família.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Ariel França
Ariel França é graduado em Jornalismo pela Universidade do Grande Rio Professor José de Souza Herdy (Unigranrio) e pós-graduado em Direito Administrativo e Gestão Pública pela Faculdade Unyleya. Redator desde 2010, tem experiência em audiovisual e produz vídeos e Web Stories para o portal FDR.