URGENTE! Líder dos caminhoneiros sinaliza nova greve nacional

A fim de propor um voucher de R$ 1 mil para os caminhoneiros, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 1/2022 foi aprovada no Senado. No entanto, o líder desta classe avisa que os profissionais ainda não estão satisfeitos. Isso porque, segundo Wallace Landim, o benefício não atende os motoristas rodoviários.

publicidade
URGENTE! Líder dos caminhoneiros sinaliza nova greve nacional
URGENTE! Líder dos caminhoneiros sinaliza nova greve nacional (Imagem: Montagem/FDR)

Wallace é visto como o principal líder dos caminhoneiros, além de ser presidente da Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores (Abrava). Ele afirma que o voucher aprovado no Senado Federal é eleitoreiro, e que a classe está descontente. Por isso, não descartam uma paralisação.

“Eu estou trabalhando para uma organização de todos os segmentos de toda a sociedade porque a gente precisa fazer alguma coisa. Não descartamos a paralisação dos caminhoneiros, mas não vou avisar a data. Toda vez que antecipamos eu recebo uma enxurrada de liminares antes do ato, com multas pesadas”, revela Wallace, conhecido como Chorão, em conversa com o jornal Congresso em Foco.

publicidade

Já há algum tempo os caminhoneiros têm demonstrado descontentamento com as atitudes do governo. Esta era a classe profissional de maior apoio de Jair Bolsonaro (PL), tanto que lutaram pela candidatura do presidente em 2018.

Devido as sequência de altas no valor do diesel, combustível que abastece os caminhões, os profissionais passaram a entrar em atrito com o atual governo. Isso, ao declararem que estão sendo “abandonados” por Bolsonaro.

Auxílio aos caminhoneiros

Cientes de que o apoio deste grupo é importante para reeleição de Jair, a equipe econômica e apoiadores do presidente se articularam para a criação de um auxílio aos caminhoneiros. Em dois turnos foi aprovada a PEC no Senado que garante o pagamento de R$ 1 mil para esta classe.

Também foi aprovado um auxílio gasolina para os taxistas. O que, segundo Chorão, seriam os verdadeiros beneficiados com a medida.

Essa PEC só prova que o governo está totalmente sem rumo, descontrolado. A proposta pode até ajudar a alguns segmentos do transporte como os motoristas de aplicativos, taxistas e transporte escolar, por exemplo. Para o rodoviário, não atende. O motorista do meu caminhão abasteceu 700 litros de diesel ontem e deu R$ 5.406. Então, como é que R$ 1.000 vai ajudar? Ele me mandou até um video debochando”, falou o presidente da Abrava.

Para que o benefício fosse aprovado, foi preciso que a PEC decretasse estado de emergência no país. Dessa forma, a lei eleitoral permitiu que fosse investido dinheiro público na criação de um novo programa social.

publicidade

Com o voucher serão repassados R$ 5,4 bilhões até dezembro deste ano. Para a ajuda aos taxistas os custos serão de R$ 2 bilhões.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Lila Cunha
Lila Cunha é formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Atua como repórter especial para o portal FDR. É responsável por selecionar as informações abordadas e garantir o padrão de qualidade das notícias veiculadas. Além disso, trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional.