Empreendedorismo educacional: especialista dá dicas para quem quer empreender no segmento da educação

Empresários passam a ver na educação uma possibilidade de investimento. Apesar do atual cenário de total desvalorização do ensino básico e superior, há um setor específico na área financeira que vem aportando seus recursos nas redes educacionais. Para muitos, esse mercado tem sido uma forma de expandir os horizontes. Acompanhe.

publicidade

Investir vai muito além dos básicos e nada fáceis números da bolsa de valores. Há diversas formas de você aplicar o seu dinheiro, inclusive na área da educação. Em entrevista exclusiva para o FDR, Mariana Vieira, responsável pela expansão e franquias da The Joy School, explica como lucrar através do ensino. Acompanhe:

Por que investir no mercado educacional?

O mercado educacional é muito amplo, está em crescimento constante e requer empreendedores focados no negócio. É um mercado que gera recorrência e rentabilidade muito atrativa. Além disso, hoje sabemos que o cérebro infantil, pode ter muitos benefícios Sociais e Cognitivos quando submetido a um ambiente escolar bilíngue com alta estimulação. Segundo Massachussets Institute of Technology (MIT), a idade ideal para aprender a segunda lingua é na infância. Esse é ainda um setor pouco sujeto a turbulências, por se tratar de um serviço essencial e altamente adaptável, hoje temos facilidade e experiência para transferir e auxiliar os nossos franqueados caso seja preciso adaptar novamente a rotina escolar em qualquer nível.

Qual é a expectativa do mercado para o segundo semestre de 2022?

A expectativa é o aumento das vendas de novos negócios, por se tratar de um modelo de Franquia, já estruturado, com Know How e todos os diferenciais por ser bilíngue. A grande maioria das escolas de ensino regular, já começaram a adaptação para oferecer programas próximos do que oferece uma escola verdadeiramente bilíngue, e por esse motivo, sabemos que há muito a crescer, pois há muito a oferecer. A escola Verdadeiramente bilíngue conduz a rotina e o aprendizado através da imersão no inglês.

publicidade

Qual o panorama brasileiro quando pensamos no aumento de escolas de ensino bilíngue?

Hoje a oferta é pequena quando falamos de uma conduta verdadeiramente bilíngue, mas as escolas das grandes metrópoles estão se adaptando com os programas bilíngues para atender a alta demanda. Nos programas bilíngues há carga horaria estendida de aulas de inglês, porém a rotina escolar é conduzida na primeira língua (português).

Esse é um mercado que tem tendência a se tornar popular nos próximos anos?

Sim, em alta velocidade. É um mercado muito promissor e quem não se adaptar ficará fora dessa oferta tão buscada já nos dias atuais.

Por que o segmento educacional é vantajoso para investimento?

Pois constrói um futuro diferente para toda nação e tem em média o mesmo tempo de retorno de outros investimentos, mas traz recorrência para o seu negócio, retorno acima de 20% e os diferenciais de um mercado único em crescimento.

Como a Covid impactou esse mercado de investimento educacional?

Impactou, com certeza, todos os mercados foram impactados pela Pandemia, porém no caso da The Joy foi muito positivo, pois fizemos um trabalho de acolhimento das famílias, e as aulas online e hibridas fizeram nas mais próximas da rotina escolar, então o nosso público aumentou em 30% durante a pandemia, não foi simples o processo, mas muito positivo quando as famílias se viram parte do processo. E ser um modelo de Franquia nos proporciona essa troca de experiência.

Quais os benefícios de investir em uma escola de ensino bilíngue?

É estar alinhado com a demanda de mercado e de futuro, oferecer diferenciais de alto valor. No nosso caso, É um negócio Inovador, Lucrativo e Transformador, com Know How de mais de 15 anos.

Qual a média de investimento para o segmento da educação?

Para o seguimento da educação como um todo pode variar bastante, por ser um seguimento muito amplo. No caso de um colégio completo e Bilingue, o investimento total aproximado para o primeiro nível (educação Infantil) é R$ 450 mil para uma cidade interiorana. Regiões metropolitanas e Capitais, sofrem oscilação de 35% em média. Nesse valor estimado consideramos valor total de investimento, considerando a taxa de franquia, capital de giro e todo investimento no negócio.

publicidade

Qual o primeiro passo para quem quer investir nesse segmento?

Informação, precisa saber dos diferenciais, conhecer o negócio, não precisa ser da área da educação (se tiver formação é muito bom), mas precisa ser empreendedor/investidor. E primordialmente ter propósito. Educação não é apenas um negócio, é o futuro de muitas pessoas, é um negócio de longo prazo.

Dicas para quem quer empreender no mercado educacional:

Estudar modelos de negócio, ter as informações necessárias, tirar duvidas, conhecer presencialmente um negócio educacional no setor requerido, listar os diferenciais que deseja oferecer e acreditar.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!