Viagem de Uber de 20 minutos custou R$ 973 e gera muita polêmica

Uma cobrança indevida realizada pela Uber de uma passageiro de João Pessoa, na Paraíba, causou polêmica nos últimos dias. No dia último dia 11 (sábado), o DJ Adriano Gomes fez uma viagem da avenida Mandacaru para o Portal do Sol, com uma rápida parada no aeroclube, e esperava pagar pouco mais de R$ 20 pelo trajeto. A cobrança, no entanto, veio muito superior: R$ 973.

publicidade

“No meu cartão, aparece lá o valor inicial de R$ 20”, comentou ao UOL Adriano, que considera não fazer sentido a Uber cobrar um valor tão alto. Na ocasião, ele entrou em contato com a plataforma por chat para tentar esclarecer a situação, mas a empresa afirmou que a cobrança estava correta e que se devia ao valor dinâmico de 2.2x.

O valor dinâmico é adotado pela Uber determina que, quanto maior a diferença entre a demanda por viagens e a existência de motoristas à disposição numa região, maior será o preço cobrado.

Adriano, no entanto, considera que a justificativa dada por chat também é ilógica. “Eles continuam reforçando algo que não existe. Eu vi o valor antes de pedir e tava sendo na faixa dos R$ 22, então mesmo com a dinâmica de 2.2 que eles tão falando, não tem lógica nenhuma”. E completou: “Nunca que daria R$ 973”.

publicidade

O DJ ainda expôs o caso no Twitter da empresa e abriu uma reclamação no site Reclame Aqui, mas como ainda não obteve respostas satisfatórias, disse que entrará com processo na Justiça. “Tô tentando de forma amigável antes de entrar na Justiça, pois isso nunca passou pela minha cabeça”.

Uber dá prazo de 60 dias

Depois da repercussão do caso na imprensa, a Uber esclareceu por meio de nota que a cobrança excessiva ocorreu porque o passageiro colocou por engano, no meio do trajeto, um novo destino em outro município, a mais de 150 km do ponto de partida.

A empresa informou ter calculado o valor relativo à viagem realmente realizada e que o excedente cobrado será ressarcido a Adriano Gomes. O DJ disse estar aliviado com essa solução, mas ainda se diz frustrado com o fato de a Uber ter dado um prazo de 60 dias para devolver o dinheiro.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

“Tô bem mais aliviado. O que me preocupa é a demora no valor voltar, mas vou torcer para cair antes”, comentou.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.