MEC faz parceria com Google para fornecimento de ferramentas educacionais

Iniciativa faz parte da Política Nacional de Recuperação da Aprendizagem. Esse é a segunda parceria que o MEC faz dentro dessa política que deve atender a centenas de estudantes de todo o país. Entenda essa parceria entre o Ministério da Educação e o Google.

MEC faz parceria com Google para fornecimento de ferramentas educacionais
MEC faz parceria com Google para fornecimento de ferramentas educacionais (Imagem: FDR)

No início dessa semana o Ministério da Educação (MEC) anunciou durante uma cerimônia no Palácio do Planalto um acordo de cooperação com a Google; participaram do evento o presidente Jair Bolsonaro e ministro, inclusive, o ministro da Educação, Victor Godoy.

Parceria entre MEC e Google

A parceria acontece por meio desse acordo de cooperação, que faz parte da Política Nacional de Recuperação da Aprendizagem.

Ela foi lançada no mês de maio e que tem o objetivo de diminuir a evasão escolar e melhorar o desempenho dos estudantes.

Vale lembrar que a pandemia de Covid-19 trouxe diversas consequências ruins para os estudantes brasileiros, inclusive, há uma grande preocupação quanto ao desempenho deles futuramente.

“Passamos dois anos de pandemia, onde praticamente tudo fechou, 99% das escolas fechadas. No que dependesse de mim, teríamos aula. E nós, agora, estamos na recuperação e na busca do tempo perdido. Esse método, essa disciplina adotada pelo MEC, é reconhecida já por outros países”, afirmou o Ministro da Educação.

Pelo acordo, serão ofertados gratuitamente quatro serviços:

Google Workspace for Education Fundamentals: pacote gratuito de ferramentas para aprendizagem, colaboração e comunicação.

Seja Incrível na Internet: programa de cidadania digital que conta com diversas trilhas de capacitação para educadores, planos de aulas e atividades;

Grasshopper: aplicativo de programação para iniciantes, com ensino de pensamento computacional;

Google Cloud Capacita+: programa com foco na formação de profissionais de tecnologia de nuvem.

O MEC tem elaborado diversas ferramentas, firmado parceria e oferecido ações com foco na recuperação da aprendizagem dos estudantes brasileiros.

Godoy, ministro da educação, comentou durante o lançamento dessa iniciativa sobre a dificuldade de acesso à internet que os estudantes enfrentam e como diminuir esse problema.

“Qualquer desafio de infraestrutura, de conectividade, passa, necessariamente, por uma articulação União, estados e municípios. O que estamos fazendo nessa perspectiva é fortalecer a colaboração, levando aos entes processos estruturados de implantação de tecnologia”, disse ele.

Para saber mais sobre vagas de emprego, vestibulares e cursos, acompanhe a editoria de Carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.