Mais aumentos vindo por aí: Aneel aprova aumento de até 64% nas taxas extras da conta de luz

Nesta terça, 21, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou um novo reajuste no valor das bandeiras tarifárias da conta de luz. A bandeira vermelha patamar 1 é a que teve maior percentual de aumento, subindo 63,7%. Já a bandeira vermelha patamar 2 está 3,2% mais alta.

publicidade

A bandeira amarela agora está 59,5% mais cara, ao passo que a verde segue sem alterações. Os novos valores começam a valer no início do próximo mês e seguem até meados de 2023.

As bandeiras tarifárias definem uma cobrança extra que são adicionadas na conta de luz dos consumidores e sinalizam o encarecimento do custo de produção da energia no Brasil.

Novos patamares das bandeiras tarifárias 

  • Bandeira verde: sem cobrança extra; 
  • Bandeira amarela: aumento de R$ 18,74 para R$ 29,89 por megawatt-hora (MWh) no mês – (+ 59,5%); 
  • Bandeira vermelha patamar 1: aumento de R$ 39,71 para R$ 65,00 por megawatt-hora (MWh) no mês – (+ 63,7%); 
  • Bandeira vermelha patamar 2: aumento de R$ 94,92 para R$ 97,95 por megawatt-hora (MWh) no mês- (+3,2%).
publicidade

Os patamares de aumento foram superiores aos que foram submetidos a consulta pública. De acordo com os aumentos que tinham sido propostos, a bandeira amarela passaria por um aumento de 56%, a vermelha 1 de 57%, e a vermelha 2 tinha sido estimada com uma queda de 2% na consulta.

A consulta pública foi realizada entre os dias 14 de abril e 4 de maio. De acordo com a Aneel, a alteração aconteceu por conta de acréscimos nos valores de cálculo. 

Atualmente, a bandeira verde é a que está em vigor no país, após o fim da bandeira de escassez hídrica ser determinada. Desta forma, neste momento, não está sendo cobrado nenhum valor adicional cobrado nas contas.

Segundo a Aneel, a previsão que o cenário atual permaneça até o fim deste ano, uma vez que os reservatórios das hidrelétricas conseguiram recuperar suas capacidades. Luiz Carlos Ciocchi, diretor-geral do ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico), também disse que espera que a conta de luz permaneça sem taxas extras neste ano.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.