PIS/PASEP 2021 ainda está disponível para saque por tempo limitado

Pontos-chave
  • Os trabalhadores que ainda não realizaram o resgate do PIS/PASEP 2021 podem sacar a quantia disponibilizada até o dia 29 de dezembro deste ano;
  • De acordo com os dados do Ministério do Trabalho, 481 mil trabalhadores ainda não sacaram o benefício;
  • Os trabalhadores podem consultar o saldo por meio do Portal GOV.BR ou aplicativo Carteira de Trabalho Digital;

Os trabalhadores que ainda não realizaram o resgate do PIS/PASEP 2021 podem sacar a quantia disponibilizada até o dia 29 de dezembro deste ano. De acordo com os dados do Ministério do Trabalho, 481 mil trabalhadores ainda não sacaram o benefício.

PIS/PASEP 2021 ainda está disponível para saque por tempo limitado
PIS/PASEP 2021 ainda está disponível para saque por tempo limitado (Imagem: FDR)

Segundo a pasta, desse quantitativo, 325.842 benefícios são do Pasep e 155.923 do PIS. Esse número chega a uma quantia superior a R$ 400 milhões. Os trabalhadores podem consultar o saldo por meio do Portal GOV.BR ou aplicativo Carteira de Trabalho Digital. Veja abaixo o passo a passo:

  • Faça o login no Portal Gov.BR;
  • Escolha a opção “Benefícios” no menu inferior;
  • Selecione “abono salarial”.

Outra opção para consultar o saldo do PIS/PASEP 2021 é pelo telefone. Para os trabalhadores de empresas privadas o número é 0800-726-0207. Já para os servidores públicos é possível ligar para o número 4004-0001 ou 0800-729-0001. 

A consulta também é disponibilizada nos sites do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e aplicativo Caixa Tem para aqueles que possuem conta na instituição.

PIS/PASEP 2021

O PIS/PASEP 2021 foi disponibilizado a partir do mês de fevereiro, conforme o calendário. É importante lembrar que o PIS considera o mês de aniversário dos trabalhadores para realizar os pagamentos. Já o Pasep considera o final da inscrição.

(7) PIS/Pasep 2022: Consultar Datas, Valor e Pagamentos do Abono Salarial – YouTube

Ambos os benefícios são voltados para os trabalhadores, porém o PIS (Programa Integração Social) é pago para os trabalhadores do setor privado e o Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) para os servidores públicos.

Outra diferença entre os dois é que o pagamento é realizado por instituições bancárias distintas. Assim, o PIS é pago pela Caixa Econômica Federal e o Pasep pelo Banco do Brasil.

Dessa maneira, aqueles que possuem conta corrente ou caderneta de poupança em um dos bancos podem receber o benefício diretamente na conta. Porém, não é uma exigência para o recebimento do abono salarial.

Para os demais trabalhadores que não possuem conta na instituição financeira de pagamento devem sacar a quantia no banco indicado. Nesse caso, é preciso apresentar um documento com foto e o número do PIS ou Pasep.

O saque também pode ser feito nos terminais de autoatendimento usando o Cartão do Cidadão e a senha. Outra opção é fazer o saque do PIS/Pasep 2021 nas lotéricas ou em correspondentes Caixa Aqui.Para receber o abono salarial o trabalhador precisa atender a cinco critérios. São eles: 

  • Estar cadastrada no PIS/PASEP há pelo menos 5 anos;
  • Ter exercido ao menos um mês de atividade remunerada em 2020;
  • Ter recebido remuneração média mensal de até dois salários mínimos durante o ano base;
  • Ter os dados informados pelo empregador corretamente na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais);
  • Ser elegível pelo DATAPREV.

O não cumprimento de uma das exigências impossibilita o recebimento do benefício. O herdeiro do trabalhador falecido com direito ao saque do abono pode efetuado o recebimento mediante a apresentação das seguintes documentações: 

  • Certidão de óbito do familiar, além da declaração de dependente habilitado à pensão por morte;
  • Escritura pública de inventário;
  • Alvará judicial designando os beneficiários ao saque.

A Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil autorizaram o saque duplo do PIS/PASEP. Assim, os trabalhadores podem realizar o saque dos valores referentes ao abono salarial ano-base 2020 e 2021 e as cotas do fundo.

Valor do PIS/PASEP

O valor do abono salarial tem como base o atual piso nacional de R$ 1.212 e o  número de meses trabalhados no ano-base. Assim, para fazer o cálculo basta dividir o salário mínimo por 12 meses e multiplicar o resultado pela quantidade de meses trabalhados.

Sendo assim, o valor mínimo a ser recebido será de R$ 101. Para ter direito ao PIS/PASEP é preciso ter trabalhado por, no mínimo, 30 dias ou por um período igual ou superior a 15 dias, já que é considerado como mês inteiro. Veja abaixo o cálculo dos valores recebidos neste ano, de acordo com o tempo de trabalho no ano-base 2021:

  • 1 mês: R$ 101
  • 2 meses: R$ 202
  • 3 meses: R$ 303
  • 4 meses: R$ 404
  • 5 meses: R$ 505
  • 6 meses: R$ 606
  • 7 meses: R$ 707
  • 8 meses: R$ 808
  • 9 meses: R$ 909
  • 10 meses: R$ 1.010
  • 11 meses: R$ 1.111
  • 12 meses: R$ 1.212

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.