Descubra qual categoria teve o maior reajuste salarial no Brasil

A categoria que se popularizou pelo apoio massivo ao presidente da República, Jair Bolsonaro, é alvo de mais uma polêmica. Os militares das Forças Armadas estão entre os servidores federais com o maior reajuste salarial no Brasil.

Descubra qual categoria teve o maior reajuste salarial no Brasil
Descubra qual categoria teve o maior reajuste salarial no Brasil. (Imagem: Montagem/FDR)

De acordo com os dados levantados pelo economista Daniel Duque para o Centro de Liderança Pública (CLP), no período de uma década, a renda dos militares do Exército, da Marinha e da Aeronáutica aumentou 29,6%, já descontada a inflação do período. 

O percentual corresponde a quase cinco vezes a média salarial das carreiras federais de 6,3%, e o dobro de todas as categorias do funcionalismo brasileiro, incluindo União, Estados e municípios, cujo registro de alta acumulado foi de 13,8%. 

Os percentuais fazem parte do período avaliado, de dezembro de 2012 a março de 2022. Neste intervalo de dez anos o reajuste salarial concedido aos militares ficou atrás somente dos professores do ensino fundamental dos municípios, com 33,3%. Esses profissionais contam com salários reduzidos, sendo beneficiados pela criação do piso da categoria. 

Em contrapartida, pesquisadores foram afetados pela queda no salário em 18,3%. O mesmo aconteceu com os assistentes sociais, cuja baixa no reajuste salarial foi de 6%.

Na oportunidade, o economista conseguiu mapear os salários organizando-os em grupos de categorias, por trimestre, baseados na Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílio Contínua (Pnad Contínua), de autoria do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Foi então que ele identificou que a alta na remuneração dos militares pode ser explicada, em suma, pelo reajuste salarial significativo combinado à mudanças no processo de admissões e dispensas no serviço público. 

Os profissionais da segurança federal também compõem o grupo de servidores com o maior reajuste salarial do funcionalismo público. O percentual aplicado para bombeiros, policiais e afins foi de 25% de aumento, se fixando em terceiro lugar na lista elaborada pelo economista, Duque. 

O economista confirma a crença alimentada por ele de que os profissionais da segurança foram os mais beneficiados nos últimos anos, especialmente durante o governo de Bolsonaro. Foi principalmente pelo apoio deste público que o atual chefe do Executivo Nacional conseguiu se eleger. Por esta razão, no decorrer de seu mandato tem se empenhado para adotar medidas favoráveis a este grupo. 

Por exemplo, no primeiro ano na presidência da República, Bolsonaro conquistou a aprovação da Reforma da Previdência das Forças Armadas no Congresso Nacional. Este regime ganhou uma atenção exclusiva, resultando na reestruturação da carreira militar que, por sua vez, garantiu o aumento dos salários, principalmente para as patentes mais altas. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.