Descubra qual região do Brasil tem os preços mais altos de combustíveis

O mais recente levantamento da Ticket Log revelou que na primeira quinzena deste mês, a região Nordeste foi o local em que o preço médio do litro da gasolina estava mais alto. Por lá o preço médio foi de R$7,63, uma alta de 0,66% ante o que foi registrado no mês de abril. O etanol por sua vez, chegou ao fim do período com o preço médio de R$ 6,21 e maior aumento no preço em comparação às outras regiões, de 4,46%.  

Ainda no Nordeste, os postos de combustível estavam com o preço médio mais elevado para o diesel comum, sendo comercializado a R$ 7,16, com uma alta de 2,79%, a mais alta entre as regiões. O tipo S-10 por sua vez,  não teve a média mais alta, mas, sim, o maior aumento no preço em todo o país (2,09%), com um valor médio de R$ 7,19.

Se destacaram pelo país, a Bahia que obteve o maior aumento do país para a gasolina com 5,16%, subindo de R$ 7,36 para R$ 7,74. Ainda no estado, as bombas de abastecimento também tiveram as médias mais elevadas e o maior aumento do Brasil para o diesel comum, (12,5%), que cresceu de R$ 6,87 para R$ 7,73; e para o tipo S-10, (10,22%), que em abril estava a R$ 7,11, e passou a custar R$ 7,83 em maio.

O Piauí foi onde o preço médio da gasolina estava mais elevado no período, sendo vendido a R$ 8,17, uma alta de 0,29%. No caso do etanol, o maior aumento do Brasil para o litro do combustível e também o maior preço médio do Nordeste, foi encontrado no Ceará, onde o combustível chegou a custar R$ 6,71, depois da alta de 9,56% em relação ao fechamento de abril.

“Os Estados do Nordeste se destacaram na análise nacional da Ticket Log, com as maiores médias para a gasolina e o diesel, e com os aumentos mais expressivos para todos os combustíveis, com destaque para a Bahia e o Ceará. Apesar disso, neste início de mês, o Nordeste também foi a região a apresentar as maiores variações de queda no valor da gasolina, registradas no Rio Grande do Norte de -1,28%; em Pernambuco de -0,51%; no Maranhão de -0,21%; e em Alagoas, com o recuo de 0,13%. Além disso, a gasolina segue como opção mais econômica para abastecimento em todos os Estados da região”, disse Douglas Pina, Diretor-Geral de Mainstream da Divisão de Frota e Mobilidade da Edenred Brasil.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Ticket Log.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.