Auxílio Brasil emperra; saiba como evitar a fila de espera para ter o seu cadastro aprovado

Fila do Auxílio Brasil volta a crescer. Nessa semana, o Ministério da Cidadania inicia os pagamentos do mês de maio pelo projeto social. No entanto, há mais de 1,3 milhões de brasileiros aguardando pela aprovação do cadastro. Acompanhe.

Auxílio Brasil emperra; saiba como evitar a fila de espera para ter o seu cadastro aprovado (Imagem: FDR)
Auxílio Brasil emperra; saiba como evitar a fila de espera para ter o seu cadastro aprovado (Imagem: FDR) (Imagem: FDR)

Os beneficiários do Auxílio Brasil já se organizam para receber as mensalidades de maio, mas ainda há mais de 1 milhão de cidadãos que não tiveram resposta do Governo Federal quanto a inclusão no programa. As filas de espera seguem com uma média acima do propagado pelo Ministério da Cidadania, sem previsão de redução.

Como otimizar a aprovação do meu cadastro no Auxílio Brasil?

A principal forma de facilitar a aprovação do seu cadastro é ter os dados todos atualizados no CadÚnico. Como não há um canal de solicitação e inscrição no programa, os cidadãos em situação de vulnerabilidade dependem exclusivamente da plataforma social do governo.

Uma vez em que se vinculou ao CadÚnico, é importe ficar atento as informações pessoais e dos demais familiares. Dados como endereço, meios de contato e fonte de renda precisam estar em dia para que o titular seja aprovado na triagem do Ministério da Cidadania.

Como funciona a triagem para inclusão no Auxílio Brasil?

O critério de escolha do Governo Federal é algo subjetivo. Teoricamente deveriam ser selecionadas as pessoas em maior condição de vulnerabilidade, no entanto, recentemente foram identificados até mesmo militares aposentados que com um salário fixo ainda recebiam as mensalidades sociais.

De acordo com o regimento do programa, são selecionados em prioridade os seguintes casos:

  • Com integrantes em situação de trabalho infantil;
  • Com integrantes libertos de situação próxima à de trabalho escravo;
  • Quilombolas;
  • Indígenas;
  • Com catadores de materiais recicláveis;
  • Outras categorias, quando permitidas e fundamentadas pelo Ministério da Cidadania.

Em seguida, serão selecionadas as famílias com menor renda:

  • Famílias extremamente pobres: com renda familiar mensal per capita de até R$ 100, mesmo que não tenham gestantes, crianças ou adolescentes na família.
  • Famílias pobres: com renda familiar mensal por pessoa entre R$ 100,01 e R$ 200 que tenham gestantes, crianças ou adolescentes.

Confira o calendário do Auxílio Brasil de maio 2022:

  • Final do NIS 1 – 18 de maio
  • Final do NIS 2 – 19 de maio
  • Final do NIS 3 – 20 de maio
  • Final do NIS 4 – 23 de maio
  • Final do NIS 5 – 24 de maio
  • Final do NIS 6 – 25 de maio
  • Final do NIS 7 – 26 de maio
  • Final do NIS 8 – 27 de maio
  • Final do NIS 9 – 30 de maio
  • Final do NIS 0 – 31 de maio

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.