75% das vagas de emprego criadas em 2022 foram para quem concluiu ensino médio ou superior

Cada vez mais o mercado de trabalho está exigindo mais formação dos candidatos. Nesse ano quem não concluiu a educação básica está encontrando mais dificuldade na busca por uma vaga de emprego.

75% das vagas de emprego criadas em 2022 foram para quem concluiu ensino médio ou superior
75% das vagas de emprego criadas em 2022 foram para quem concluiu ensino médio ou superior (Imagem: FDR)

A exigência é cada vez maior para quem está em busca de uma vaga de emprego no Brasil, nesse ano quem tem apenas o nível fundamental está encontrando mais dificuldades em ser empregado.

Nível de instrução X Vagas de emprego

Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) ó no período de janeiro e fevereiro desse ano, 77,52% das vagas abertas exigiam que os candidatos tivessem ensino médio ou superior completo, representando a maior fatia.

Por outro lado, apenas 0,08% (405 vagas) eram voltadas para pessoas analfabetas, um número muito pequeno se comparado ao percentual de pessoas não alfabetizadas no Brasil; em 2020 o país teve a marca de 11 milhões de pessoas que não sabiam ler ou escrever.

58,63%, ou seja, a maior parte das vagas ficou com quem terminou o ensino médio; no total, 279.578 pessoas do grupo foram empregadas. O índice de contratações de pessoas com ensino superior completo é ainda maior, 18,89%, ou seja, 90.068 profissionais.

Os dados ainda mostram que: 6,33% das contratações foram de trabalhadores com ensino fundamental incompleto; 6,96%, de pessoas com fundamental completo; 6,82% para aqueles com nível médio incompleto; e 2,29% para quem não concluiu um curso superior.

Nesses dois primeiros meses de 2022 o saldo de contratações é positivo, 478.862 profissionais conseguiram conquistar uma posição de trabalho.

Conquista de uma boa posição de trabalho

A única alternativa para quem deseja uma oportunidade de trabalho é realmente concluir ao menos a educação básica (que é encerrada no ensino médio), inclusive, essa pode ser uma alternativa interessante para quem já está empregado, mas deseja conquistar uma oportunidade melhor.

Após isso, cursos de curta duração também podem te levar a outros cargos e a um salário melhor em um curto espaço de tempo.

Para saber mais sobre vagas de emprego, vestibulares e cursos, acompanhe a editoria de Carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.