Com o INSS em greve, como posso solicitar meus benefícios?

Beneficiários do INSS têm o atendimento presencial paralisado pela greve. Nas últimas semanas, as unidades da previdência estão sem funcionar. Desse modo, milhares de cidadãos estão sem conseguir resolver suas pendencias para a concessão dos benefícios. No entanto, pelo Meu INSS, é possível antecipar os pagamentos. Confira.

Com o INSS em greve, como posso solicitar meus benefícios? (Imagem: FDR)
Com o INSS em greve, como posso solicitar meus benefícios?(Imagem: FDR)

Se você tinha algum agendamento marcado no INSS e foi surpreendido com a greve, fique atento. Apesar das unidades presenciais ainda estarem fechadas, é possível antecipar a concessão do seu benefício pela internet. Através do Meu INSS o titular consegue solicitar um abono, revisar os dados de seu processo e acompanhar a concessão do salário.

Como me conectar ao Meu INSS?

Você precisar acessar o aplicativo do governo federal e nele repassar seus dados de identificação pessoal, sendo eles:

  • com o número do CPF, data de nascimento e nome completo.

Além disso, o login pode ser feito das seguintes formas:

  • validação pelo aplicativo Meu gov.br (se tiver feito o recadastramento do título de eleitor ou a CNH digital)
  • gerando uma senha provisória no site do seu banco
  • autorizando pelo site do Banco do Brasil (caso seja cliente)
  • certificado digital ou em nuvem

Lista dos serviços ofertados pelo Meu INSS

  • Agendamentos/Solicitações: aqui é possível que o segurado solicite alguns dos benefícios disponíveis no INSS como aposentadorias, salário-maternidade, LOAS, entre outros;
  • Carta de concessão do benefício: nesse documento consta todas as informações do benefício a ser recebido;
  • Agendamento de perícia médica: o segurado poderá agendar a sua perícia pela ferramenta e também pedir a prorrogação do benefício;
  • Simulação de Aposentadoria: aqui o segurado pode simular o seu atual tempo de contribuição, levando em consideração os dados existentes no sistema do INSS. Mas o contribuinte precisa ter a noção de que é apenas uma simulação. Todos os dados do CNIS devem ser conferidos, pois podem existir divergências desses dados com os da carteira de trabalho;
  • Resultado da Perícia Médica: o resultado da perícia estará disponível no mesmo dia em que o segurado fez o procedimento, a partir das 21h;
  • Extrato para Imposto de Renda: nos casos dos segurados que fazem a declaração do imposto;
  • Extrato de Contribuição (CNIS): histórico com toda a vida laboral do trabalhador. Aqui constam as contribuições, vínculos empregatícios, períodos de trabalho, entre outros;
  • Acessar a cópia do processo administrativo;
  • Verificar o extrato do pagamento de benefícios: documento que mostra que a pessoa recebe um benefício no INSS. Nele consta os valores recebidos pelo segurado, data de pagamento e o banco que o segurado recebe;
  • Cadastrar ou renovar uma procuração;
  • Fazer o encaminhamento de recurso ou pedido de revisão;
  • Declaração de Contribuinte Individual (DRSCI): documento que indica que o cadastro do contribuinte está regular;
  • Atualizar dados cadastrais: dentro do portal é possível atualizar endereço, telefone e e-mail.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.