Fortes chuvas: 74 cidades têm recursos do FGTS liberados para população; confira lista

A Caixa Econômica Federal anunciou a liberação do Saque Calamidade do FGTS para 74 municípios afetados pelas fortes chuvas ocorridas nos últimos meses. A lista inclui municípios de 5 estados: Minas Gerais, Bahia, Rio de Janeiro, Espírito Santo e São Paulo.

A solicitação do saque pode ser feita pelo app FGTS, sem necessidade de comparecer a uma agência da Caixa. O saque pode ser realizado por trabalhadores que tenham saldo no fundo e que não tenham acessado essa modalidade de saque nos últimos 12 meses. O valor máximo que pode ser sacado é R$ 6.620.

Confira a seguir a lista de municípios contemplados com a medida:

Minas Gerais: Canavieiras, Coaraci, Dário Meira, Eunápolis, Floresta Azul, Gandu, Ibicaraí, Ibicuí, Ilhéus, Itabela, Itabuna, Itajuípe, Itamaraju, Itapé, Itapetinga, Itapitanga, Itororó, Jaguaquara, Jequié, Jiquiriçá, Medeiros Neto, Mundo Novo, Prado, Porto Seguro, Santa Inês, Teixeira de Freitas, Teolândia, Ubaíra, Ubaitaba, Vitória da Conquista, Wenceslau Guimarães e Uruçuca.

Bahia: Águas Formosas, Almenara, Betim, Brumadinho, Cláudio, Congonhas, Dores do Indaiá, Governador Valadares, Igarapé, Itabirito, João Monlevade, Juatuba, Machacalis, Mário Campos, Mateus Leme, Nova Era, Nova Lima, Onça de Pitangui, Poço Fundo, Pompéu, Raposos, Rio Acima, Rio Manso, Rio Piracicaba, Sabará, Salinas, Santa Luzia, Santana do Deserto, Santo Antônio do Monte e São Joaquim de Bicas.

Rio de Janeiro: Bom Jesus de Itabapoana , Italva, Itaperuna, Natividade, Petrópolis e Porciúncula.

Espírito Santo: São José do Calçado.

São Paulo: Avaré, Campo Limpo Paulista, Capivari, Jaú e Monte Mor.

Como solicitar o Saque Calamidade do FGTS

A solicitação é feita pelo app FGTS, disponível para Android e iOS. Para fazer login no app é preciso informar CPF e a senha cadastrada (veja aqui como fazer o cadastro).

Na página inicial, clique na opção “Meus saques” e depois em “Outras opções de saque”. Selecione a opção “Calamidade Pública”, informe o seu município e clique em “Continuar”.

Em seguida, o usuário deve escolher se o dinheiro será creditado em uma conta da Caixa ou de outro banco. Por fim, os seguintes documentos deverão ser enviados pelo app:

  • Documento de identidade com foto (RG, carteira de motorista ou passaporte)
  • Comprovante de residência em nome do trabalhador emitido até 120 dias antes da decretação do estado de calamidade
  • Se o comprovante de residência estiver no nome do cônjuge ou companheiro (a), é necessário enviar também Certidão de Casamento ou Escritura Pública de União Estável.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.