Fintech oferece crédito para jovens investirem em educação; saiba mais

Fintech oferece crédito para jovens investirem em educação. A empresa calcula o potencial de empregabilidade e geração de renda do curso que o cliente escolhe.

A ideia surgiu com André Dratovsky, fundador e CEO da Elleve que proporciona crédito para que jovens possam investir em educação. A proposta da fintech é de não ter a conta bancária ou os bens do cliente como fator principal na hora de fornecer crédito.

Conhecendo a Elleve

A empresa, que tem pouco mais de um ano, foi lançada em janeiro de 2021 e fechou o ano de operação concedendo R$ 20 milhões para mais de 6 mil estudantes brasileiros. “A startup nasceu com o propósito de impulsionar a carreira de jovens por meio da educação de curta duração e alto impacto”, disse Dratovsky.

A Elleve tem como propósito fornecer ajuda para estudantes que querem iniciar cursos livres, técnicos de capacitação profissional, bem como gastronomia, e cursos na área de tecnologia, como programação, marketing e ciências de dados.

Parceria com instituições de educação

A startup possui parceria com as instituições de educação, que funcionam como um canal de conexão com os alunos que são clientes em potencial. 

A Elleve tem como público alvo escolas pequenas que não possuem acesso a capital, e entra com a antecipação do pagamento dos cursos com seu caixa próprio, dessa forma, os alunos podem negociar o pagamento diretamente com a empresa.

Somente no primeiro ano, a fintech fechou parceria com 230 escolas. Foram mais de 30 mil pedidos de financiamento. A expectativa para 2022 é de terminar o ano com 50 mil alunos com crédito aprovado. Os números parecem favoráveis para bater a meta, somente no mês de fevereiro, foram pelo mesmo 2 mil alunos com crédito aprovado. 

Cerca de 90% dos clientes da Elleve são alunos jovens de baixa renda. André afirma que para esse público, existe uma grande dificuldade de se conseguir acesso ao microcrédito. “Em vez de quitar em seis meses, ele vai ter 18 meses, com um juros de 1,5%”, afirma.

Um dos próximos passos para a Elleve é o investimento em tecnologia de análise de dados.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.