PIS/PASEP e FGTS acumulados serão pagos em milhões aos trabalhadores

Pontos-chave
  • Valores retidos no PIS/PASEP e FGTS podem ser sacados;
  • Pelo FGTS, desempregados conseguem salário extra;
  • Segurados do abono salarial recebem limite para saque.

Trabalhadores podem ter valores esquecidos em seu histórico da CLT. Recentemente, o Banco Central lançou uma plataforma que disponibiliza consultas para identificar se há quantias retidas destinadas a população. Para quem já esteve no mercado de trabalho, o PIS/PASEP e o FGTS devem gerar lucros de milhões. Acompanhe.

PIS/PASEP e FGTS acumulados serão pagos em milhões aos trabalhadores (Imagem: FDR)
PIS/PASEP e FGTS acumulados serão pagos em milhões aos trabalhadores (Imagem: FDR)

Muito tem se falando sobre dinheiros esquecidos nas contas do PIS/PASEP e do FGTS, mas ainda há parte significativa da população sem entender como ter acesso a esses saques. Com a nova plataforma do Banco Central, é possível conferir se há quantias retidas em instituições bancárias, porém a liberação só pode acontecer em casos específicos.

FGTS esquecido

Para quem está desempregado e com saldo no FGTS, há quem não saiba que depois de três anos sem emprego é possível retirar toda a quantia retida, mesmo sem demissão por justa causa. Ou seja, se durante todo esse tempo você não conseguiu uma nova oportunidade, o fundo de garantia pode te sustentar.

A concessão do saque acontece mediante a aprovação da Lei 8.36/90 que determina as condições de saque do FGTS aos trabalhadores. O primeiro passo para ter acesso ao valor é conferir o saldo, disponível nas seguintes plataformas digitais:

  • Aplicativo do FGTS (disponível para Android e iOS);
  • Site da Caixa (disponível para correntistas da Caixa).

Passo a passo de consulta do saldo do FGTS:

  • Abra o app do FGTS e clique na opção “Entrar no aplicativo”
  • Será exibida a frase “FGTS deseja usar caixa.gov.br para iniciar sessão”; vá em “Continuar”
  • Informe seu CPF, vá em “Não sou um robô”, selecione as imagens pedidas e vá em “Verificar”; em seguida, clique em “Próximo”
  • Informe sua senha e vá em “Entrar”; caso não se lembre, clique em “Recuperar senha”
  • O sistema solicitará o cadastro de uma conta bancária, caso não queira fazer isso, vá em “Voltar para a tela inicial”
  • Na tela inicial, aparecerão as informações relativas às empresas que trabalhou
  • O saldo de valores da empresa atual ou da última empresa na qual trabalhou aparece no topo da tela; é a primeira; clique sobre ela para ver as movimentações
  • Para guardar os dados, clique em “Gerar extrato PDF” e salve em seu celular
  • Para ver todas as empresas nas quais trabalhou, vá em “Ver todas as suas contas”
  • O último depósito bancário estará informado na tela inicial, no quadro cinza
PIS/PASEP e FGTS acumulados serão pagos em milhões aos trabalhadores (Imagem: FDR)
PIS/PASEP e FGTS acumulados serão pagos em milhões aos trabalhadores (Imagem: FDR)

PIS/PASEP

Outro meio de ter acesso a valores inesperados é através do PIS/PASEP. Há cerca de 10 milhões de pessoas que ainda não retiraram toda a quantia do abono, acumulando mais de R$ 23 bilhões nas contas ativas e inativas.

Esse grupo é composto por trabalhadores que exerceram atividade entre os anos de 1970 a 4 de outubro de 1988. A Caixa Econômica Federal passou a disponibilizar a retirada desde 2019 e ficará disponível até 2025. Após esse período, a quantia fica retida no governo federal.

Documentos exigidos no saque

  • a certidão de óbito do familiar e declaração de dependente habilitado à pensão por morte emitido pelo INSS; ou
  • a certidão de óbito e a certidão ou declaração de dependente habilitado à pensão por morte emitida pela entidade empregadora; ou
  • através de um alvará judicial designando os beneficiários ao saque; ou
  • a escritura pública de inventário.

Passo a passo para consulta os valores retidos no PIS/PASEP

  • Acesse o portal Meu INSS
  • Clique em Entrar (no canto superior direito)
  • Selecione Cadastre-se
  • Preencha os dados solicitados (CPF, data de nascimento, nome, e-mail, celular, nome da mãe e estado)
  • Clique em Próxima
  • Anote a senha que o sistema vai criar para você
  • Informe seu CPF e a senha
  • Faça o login e altere a senha para uma de sua preferência
  • Acesse novamente, desta vez com a sua senha

Para mais informações sobre o Pis/Pasep ou sobre o FGTS, acompanhe nossas páginas exclusivas dos projetos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.