Maior diamante azul do mundo será leiloado por fortuna milionária; descubra valor

O maior diamante azul do mundo deve ser leiloado por fortuna milionária. O diamante é o De Beers Cullinan Blue de 15,10 quilates.

A pedra recebeu as notas mais altas que um diamante colorido pode receber e será leiloada pela Sotheby’s em abril, durante as vendas da Semana de Luxo de Hong Kong. O valor inicial do diamante está estimado em US$ 48 milhões, o equivalente a R$ 247,5 milhões.

Detalhes da pedra

O diamante que possui lapidação de 15,10 quilates e é o maior diamante azul vívido a ser leiloado e também o maior diamante azul vívido de lapidação impecável já classificado pelo GIA, o Instituto Gemológico da América.

Um diamante azul é extremamente raro e acontece quando vestígios de boro ficam presos dentro de um diamante bruto no seu processo de formação. Somente cinco exemplares com mais de 10 quilates já foram leiloados, nenhum ultrapassando 15 quilates.

A qualidade do De Beers Cullinan Blue possui classificações altas nunca antes dadas a outro diamante colorido. O grau da cor é o mais alto possível, o Fancy Vivid Blue, concedido a apenas 1% dos diamantes azuis enviados ao GIA. O polimento da pedra é impecável em termos de clareza, gerando um alto retorno de luz e maior brilho.

O pedaço bruto de 39,34 quilates foi extraído da mina Cullinan, na África do Sul, a pedra então foi cortada para resultar na jóia que será leiloada. A compra do diamante bruto foi feita em conjunto entre a De Beers e a lapidadora de diamantes Diacore, o preço pago foi de US$ 40,18 milhões, o equivalente a R$ 207,2 milhões.

O trabalho conjunto entre as empresas é de longa data, tendo a Diacore realizado outras parcerias com a De Beers na lapidação de valiosas pedras de diamantes.

Mina Cullinan é o berço de valiosas jóias

A mina Cullinan pertence a Petra Diamonds Ltd. e tem sido a principal fonte mundial de diamantes azuis raros. Foi na mina também que foi encontrado o maior diamante de gema bruta, em 1905, o diamante tinha 3.106 quilates e após ser lapidado se tornou duas pedras das jóias mais importantes da coroa britânica.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.