Transferência de veículos poderá ser feita por meio digital; saiba como vai funcionar

Transferência de veículo agora pode ser feita totalmente pela internet. Nessa terça-feira (15), o Ministério da Economia informou que os proprietários de automóveis utilizados agora podem fazer a portabilidade do documento através do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT). Saiba mais abaixo.

Ao vender um carro utilizado, o cidadão precisa ficar atento ao processo de transferência da documentação. Normalmente ela era realizada nas unidades do Detran, mas agora pode ser feita pela internet, no app da Carteira Digital de Trânsito.

Ao realizar o procedimento, o cidadão comprova o repasse e o comprador tem como alegar a titularidade do veículo. Com a transição para o virtual, não será mais obrigatório andar com um papel que ateste a legalização da venda.

Como fazer a transferência pela internet?

Para fazer a portabilidade, é preciso primeiro de conectar ao app da CDT. Lá, informe os dados de identificação do veículo e do comprador. Depois, vá até a plataforma gov.br, e valide o envio.

De acordo com o comunicado oficial, “na operação, o vendedor acessará o aplicativo da CDT, informará o CPF do comprador e assinará digitalmente. O comprador receberá a notificação e repetirá o processo. A autorização irá diretamente para o sistema do Governo Federal”.

Documentos para validação da transferência

  • RG ou CNH;
  • comprovante de endereço;
  • registro de que o carro não tem débitos ou dívidas;
  • comprovante de pagamento da taxa de transferência;
  • original do CRV do antigo proprietário devidamente preenchido em nome do comprador com assinatura reconhecida;
  • comprovante de pagamento da taxa de emissão do novo CRV;
  • formulário do Renavam preenchido.

Passo a passo pra se conectar na CNH Digital

  • Após criar a conta, o usuário precisa ir até a loja de aplicativos de seu celular e digitar na barra de busca: “Carteira Digital de Trânsito”.
  • Verifique se é o aplicativo correto e clique em instalar. É preciso constar a certificação “Serpro”, como mostra a imagem abaixo.
  • Com o aplicativo instalado, o ícone aparecerá automaticamente na tela inicial de seu celular.
  • Ao abrir do aplicativo, o sistema pede para que você clique em um link que vai redirecioná-lo para o site do Governo Federal, no qual a conta foi criada. Isso é necessário somente no primeiro acesso.
  • Ao entrar no site, basta colocar o seu CPF e a senha para liberar o acesso ao aplicativo.
  • Após o CPF e a senha serem validados, o usuário vai precisar colocar o número de celular, com o DDD, para que receba um código de verificação.
  • Após o preenchimento do número de celular, você receberá um código por SMS para inserir no campo solicitado e desbloquear o aplicativo.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.